Tem que colocar o pé na forma

Mudança de esquema agrada, mas finalizações deixam a desejar

Por

A vitória não veio, mas a atuação do Botafogo no empate em 1 a 1 com o Cruzeiro, no Nilton Santos, foi considerada satisfatória pelos jogadores e o técnico Zé Ricardo. A opção do treinador por armar o time com três volantes (Jean, Bochecha e Lindoso), bem parecido com o esquema que fez sucesso nas mãos de Jair Ventura, deixou o time mais sólido.

"A questão de formação é o professor que decide. Cada jogo é uma estratégia. Se precisar, vamos jogar assim de novo no domingo", disse Bochecha, que, para o duelo com o Fluminense, no Maracanã, espera mais eficiência nas finalizações.

"Falta sorte. Mas também foi mérito do Fábio (goleiro do Cruzeiro). Teve uma bola muito perto do gol, muito rápida, e ele defendeu. Criamos, mas não conseguimos vencer. É caprichar um pouquinho mais que o gol vai sair", destacou o volante, que deve seguir no time por causa da suspensão de Jean pelo terceiro cartão amarelo.

DÍVIDAS QUITADAS

O clube pagou as dívidas pendentes com jogadores e funcionários, referentes a julho. Os débitos eram relativos a direitos de imagem e parte dos salários.

 

Comentários

Últimas de Esporte