Sergio Ramos revela que sofreu ameaças de morte após 'tirar' Salah da final da Champions

Zagueiro foi alvo de vaias durante amistoso entre Inglaterra e Espanha, neste sábado

Por O Dia

Zagueiro foi vaiado por torcedores ingleses durante vitória da Espanha sobre a Inglaterra, neste sábado
Zagueiro foi vaiado por torcedores ingleses durante vitória da Espanha sobre a Inglaterra, neste sábado -

Londres - A final da Liga dos Campeões deste ano, vencida pelo Real Madrid sobre o Liverpool, por 3 a 1, ainda ecoa no futebol europeu. Após ser recebido com vaias pela torcida inglesa no jogo deste sábado entre Inglaterra e Espanha, Sergio Ramos revelou que ele e sua família receberam ameaças de morte após a fatídica partida, marcada pela dividida entre o zagueiro e Salah. O lance tirou o craque egípcio precocemente da decisão.

"No final acabo sentindo, mas me mantenho longe de tudo. Isso não influencia no meu jogo. Eu teria gostado de ser recebido de outro jeito, porque as pessoas lembram da ação pontual na final e ninguém se lembra das ameaças de morte que minha família recebeu. É um tema delicado e muita gente leva na brincadeira. Minha consciência está tranquila", disse o capitão da Espanha.

Atacante não perdoou Sergio Ramos pelo lance - AFP

O jogo, válido pelo Grupo 4 da Liga das Nações da Uefa, marcou a estreia de Luís Enrique sob o comando da Espanha. Ramos acredita que o novo treinador pode ajudar a Fúria na retomada por títulos.

"Começamos uma nova era com um treinador que tem muita experiência. Fracasso é quando a equipe não deixa a alma (em campo), mas hoje demos tudo. Estar em um bom nível é o mínimo que se exige no Real Madrid e na seleção espanhola", disse.

A partida foi vencida pela Espanha por 2 a 1. Rashford abriu o placar para os ingleses, e Saúl e Rodrigo viraram para a seleção espanhola.

Galeria de Fotos

Zagueiro foi vaiado por torcedores ingleses durante vitória da Espanha sobre a Inglaterra, neste sábado AFP
Atacante não perdoou Sergio Ramos pelo lance AFP

Últimas de Esporte