Renovada, Argentina é chamada para jogo contra Brasil sem Messi e com Kannemann

Seleção deve apostar em atacantes como Mauro Icardi e Lautaro Martínez, ambos da Inter de Milão, e Paulo Dybala, da Juventus, além do talentoso meia Giovani Lo Celso, do espanhol Betis.

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Higuaín foi convocado
Higuaín foi convocado -

Argentina -  A Argentina vai enfrentar a seleção brasileira com um time bastante renovado. Nesta sexta-feira, o técnico Lionel Scaloni convocou a equipe para amistosos em outubro, diante do Iraque e do Brasil, e não incluiu referências, como Lionel Messi, apostando em jovens, como Rodrigo De Paul, chamado pela primeira vez, além do gremista Walter Kannemann.

Em relação aos compromissos anteriores, em setembro, o principal retorno de jogadores que defendem a seleção há algum tempo foi o do zagueiro Nicolás Otamendi, do Manchester City. Mas Messi segue de fora, assim como Angel Di María, Sergio Agüero e Gonzalo Higuaín.

Com tantas ausências de peso no setor ofensivo, a Argentina deve apostar em atacantes como Mauro Icardi e Lautaro Martínez, ambos da Inter de Milão, e Paulo Dybala, da Juventus, além do talentoso meia Giovani Lo Celso, do espanhol Betis.

A lista de 31 convocados anunciada por Scaloni também premia a boa fase do meia Rodrigo De Paul, autor de quatro gols nas seis rodadas iniciais do Italiano pela Udinese, que ainda não havia sido convocado. Por sua vez, o zagueiro Juan Foyth, do Tottenham, também foi incluído e agora vive a expectativa de atuar pela primeira vez pela seleção principal.

A relação conta com oito jogadores em atividade no futebol argentino. E são nove os remanescentes da participação na última Copa do Mundo: Armani, Otamendi, Tagliafico, Acuña, Lo Celso, Salvio, Meza, Pavón e Dybala.

Após a eliminação nas oitavas de final da Copa do Mundo para a França, a Argentina definiu a saída do técnico Jorge Sampaoli, mas ainda não determinou um substituto. E entrou em campo duas vezes em setembro, para amistosos nos Estados Unidos, tendo vencido a Guatemala por 3 a 0 e empatado com a Colômbia por 0 a 0.

O amistoso contra o Brasil será disputado em 16 de outubro. Mas, antes disso, a Argentina terá pela frente o Iraque, no dia 11. E a presença na lista para Kannemann desfalcar o Grêmio em duelo com o Palmeiras em 14 de outubro, pelo Campeonato Brasileiro, assim como ocorrerá com Everton, chamado por Tite. 

Últimas de Esporte