Presidente de clube é julgado por obrigar jogador a manter relações sexuais com ele

Antonio González teria feito chantagem física e emocional com Bernardo Gabriel Caballero

Por O Dia

Ex-presidente do Rubio Ñu com o jogador Bernardo Gabriel Caballero
Ex-presidente do Rubio Ñu com o jogador Bernardo Gabriel Caballero -

Paraguai - Um promotor paraguaio pediu nesta semana a abertura de julgamento de Antonio González, ex-presidente do clube Rubio Ñu, por seu crime de tráfico para exploração sexual e de trabalho. A investigação local mostrou que o réu obrigou o jogador Bernardo Gabriel Caballero a manter relações sexuais com ele em fevereiro. Após negativa, ele teria feito chantagem física e emocional.

Galeria de Fotos

Ex-presidente do Rubio Ñu com o jogador Bernardo Gabriel Caballero Reprodução
Ex-presidente do Rubio Ñu com o jogador Bernardo Gabriel Caballero Reprodução
Ex-presidente do Rubio Ñu com o jogador Bernardo Gabriel Caballero Reprodução
Ex-presidente do Rubio Ñu com o jogador Bernardo Gabriel Caballero Reprodução
Ex-presidente do Rubio Ñu com o jogador Bernardo Gabriel Caballero Reprodução/Internet
Antonio González foi acusado de tentar ter relações sexuais com menores Reprodução
Ex-presidente do Rubio Ñu com o jogador Bernardo Gabriel Caballero Reprodução / Internet
Ex-presidente do Rubio Ñu com o jogador Bernardo Gabriel Caballero Reprodução
Ex-presidente do Rubio Ñu com o jogador Bernardo Gabriel Caballero Reprodução/Internet

O escândalo abalou o clube paraguaio em fevereiro, quando o caso veio à tona. Mas a Justiça paraguaia só agora está dando andamento ao caso.

Entenda toda a confusão

O presidente do Rubio Ñu, da primeira divisão paraguaia, revelou que tinha um relacionamento com um de seus jogadores em fevereiro. Antonio González, mandatário da equipe, publicou um vídeo em que não mediu palavras e admitiu o relacionamento sem pestanejar. No entanto, o dirigente ainda indicou que o empresário de Bernardo Gabriel Caballero foi quem deu início aos problemas.

"Vamos ser honestos, Caballero estava comigo no Rubio Ñu há mais de dois anos, era muito especial para mim. Era o meu companheiro. De repente apareceu uma velha louca. Ele era meu parceiro sentimental e peço desculpas se isso incomoda muitos, sou sincero. Um homem é mil vezes mais ciumento do que uma mulher, não gosto que me ameacem".

Últimas de Esporte