Graciano Rocchigiani foi atropelado por carro a 100km/h - Reprodução
Graciano Rocchigiani foi atropelado por carro a 100km/hReprodução
Por O Dia

Itália - Morreu na madrugada desta terça-feira, na Itália, aos 54 anos, a lenda do boxe Graciano Rocchigiani, popularmente conhecido como Rocky. De acordo com o diário alemão 'Bild', o ex-atleta foi atingido por um carro a mais de 100km/h e atravessou o vidro para-brisa, levando-o a óbito no momento do acidente.

O boxeador estava caminhando por uma estrada escura no momento do atropelamento. Ainda não se sabe o motivo pelo qual ele estava andando sozinho, mas a polícia está investigando.

O ex-atleta deixou os ringues em 2003, conquistando 41 vitórias, sendo 19 por nocaute, em um total de 48 confrontos, fora um empate e seis derrotas. Depois de abandonar o esporte profissional, teve sérios problemas financeiros, vivendo com apenas 374 euros por mês vindos de um programa social do governo alemão, cerca de R$1,6 mil na cotação atual, e convivia com o alcoolismo.

Além do alcoolismo, a lenda do boxe chegou a revelar que gastou boa parte do seu dinheiro com taxas, mas que estava sem débitos. Antes de morrer, ele afirmou que não tinham mais dívidas, mas que já havia pagado muitos impostos e, por isso, estava em dificuldade financeira.

Em 2012, em entrevista ao 'Bild', o pugilista disse que "era bom estar afastado dos velhos amigos, pois eles frequentavam muitos bares", e isso o prejudicava na questão do alcoolismo.

 

Você pode gostar