Zagueiro revela 'desgosto' ao ver título da França e anuncia aposentadoria da seleção

Laurant Koscielny, de 33 anos, se lesionou gravemente poucos dias antes da Copa da Rússia e perdeu chance de jogar Mundial

Por O Dia

Koscielny anunciou sua aposentadoria da seleção francesa
Koscielny anunciou sua aposentadoria da seleção francesa -

Paris - O zagueiro francês Laurant Koscielny viveu um drama poucos dias antes da convocação para a Copa do Mundo. Em maio, o jogador rompeu o tendão de Aquiles enquanto atuava pelo Arsenal, em partida válida pela Liga Europa. Sem chances de ir ao Mundial da Rússia, o atleta viu de casa o bicampeonato da França, fato o que levou a decisão de se aposentar da seleção.

"Acho que dei tudo que podia pela França. Tenho 33 anos, estive em duas Eurocopas e uma Copa. A França tem uma grande geração. Minha lesão não muda minha decisão: terminei com os Bleus. Sempre os apoiarei, porque segue sendo um time que representa nosso país, mas não vestirei mais a camisa", disse Koscielny em entrevista ao "Canal+".

O jogador revelou também que acompanhou o Mundial com um sentimento misto. Apesar de torcer por seus companheiros, o fato de estar fora da Copa e ver o triunfo de sua seleção sem ele o fez sentir tristeza.

"A vitória da França me causou mais dano psicológico que minha lesão. Me senti muito feliz por eles, mas também com desgosto. Não pude me sentir campeão do mundo, como seriam 60 milhões de franceses. É uma sensação estranha. Durante a Copa, queria que a França se classificasse, mas ao mesmo tempo não queria", desabafou.

Últimas de Esporte