United levou a melhor no clássico de Manchester - AFP
United levou a melhor no clássico de ManchesterAFP
Por O Dia
Rio - A pandemia do novo coronavírus atingiu diversos lugares pelo mundo. Na Inglaterra, jogadores do Manchester United se tornaram os primeiros atletas da Premier League a reduzirem seus salários com o objetivo de reverter o dinheiro ao Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido.
De acordo o jornal Daily Mail, os esportistas da equipe, que ganham até 375 mil libras por semana (o equivalente a R$ 2,4 milhões) concordaram em renunciar a 30% de seus salários por mês, sob a condição de que o dinheiro seja usado para ajudar hospitais e centros de saúde de Manchester na luta contra o Covid-19.