CBF quer Brasileirão mata-mata, sem torcida e com todos os jogos em SP; Flamengo é contra

Entidade já apresentou a proposta e conseguiu apoio da maioria dos clubes

Por O Dia

Taça do Brasileirão
Taça do Brasileirão -
Rio - A CBF propôs uma solução para dar início ao Campeonato Brasileiro ainda durante o confinamento. Segundo o colunista Flávio Ricco, o desejo da entidade é que o torneio passe a ser mata-mata, com todos os jogos no estado de São Paulo e sem torcida. O Flamengo foi o único clube contra.
A ideia é concentrar as partidas no Morumbi, Allianz Parque, Arena Itaquera, Vila Belmiro, Barueri, Brinco de Ouro e Bragança Paulista, com o intuito de evitar viagens aéreas. Os gastos com hotéis e CTs seriam todos por parte da CBF.
Quanto à fórmula de disputa, os 20 clubes seriam divididos em dois grupos de dez, onde se classificariam quatro de cada para a fase mata-mata. Com este modelo, a Globo poderia continuar com as partidas às quartas e domingos e SporTV e Premiere às terças, quintas, sextas e sábados.

Comentários