Coordenador da CBF dispara: 'A OMS não entende nada de futebol'

Marco Aurélio Cunha reprovou recomendações da OMS de retorno de competições internacionais somente no fim de 2021

Por Lance

Marco Aurélio Cunha é um dos dirigentes mais poderosos da CBF
Marco Aurélio Cunha é um dos dirigentes mais poderosos da CBF -
Rio - O dirigente Marco Aurélio Cunha, que exerce o cargo de Coordenador da CBF, reagiu de forma negativa sobre as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) nesta terça-feira, que afirmou que o futebol só deveria voltar no fim de 2021.
Em entrevista ao 'Jogo Aberto', Marco Aurélio Cunha mostrou desacordo com a declaração da organização, que segundo ele, 'não entende nada de futebol'.

"Eu tenho muito respeito pelas organizações de saúde, mas a OMS tem falado cada hora uma coisa diferente. Com certeza a OMS não entende nada de futebol. Já vi o presidente sugerindo retorno progressivo para países que não tem capacidade econômica de se sustentar paralisado", afirmou.

O Coordenador da Confederação Brasileira de Futebol defendeu o retorno progressivo das atividades do futebol no país com portões fechados, mesmo que seja contra a ausência da torcida nos estádios.

"Eu acho que portão fechado é o anticlímax do futebol. Não tem jogo bom de portão fechado. Mas temos que voltar progressivamente, mesmo que seja lamentavelmente com portões fechados", encerrou.

Comentários