Final da Liga dos Campeões pode trocar de sede por conta da Covid-19

Torneio foi paralisado em março durante oitavas de final

Por Lance

Liga dos Campeões
Liga dos Campeões -
Rio - De acordo com o 'The New York Times', a decisão da Champions League pode não ser realizada em Istambul, na Turquia, conforme planejado antes da pandemia global do novo coronavírus. Em meio à crise, a UEFA, entidade organizadora do evento, pode formar um torneio alternativo para concluir a competição.

Vale lembrar que o torneio foi interrompido nas oitavas de finais em meados de março devido à propagação da doença pelo mundo. No entanto, com as principais ligas europeias tentando readequar o calendário para retomar e finalizar suas ligas, a entidade analisa de que maneira irá encerrar a maior competição do continente.

A final da Champions estava marcada para o estádio Olímpico Ataturk, em Istambul. Já a decisão da Liga Europa será em Gdansk, na Polônia. Contudo, uma decisão será tomada após uma reunião do comitê executivo no dia 17 de junho. Além disso, a UEFA seguirá novas conversas com as autoridades turcas na próxima semana, para finalizar um acordo para a mudança do evento. Com isso, a capital turca sediaria a final da competição na próxima temporada (2020/21).

Em meio à crise, após o retorno da Bundesliga, os Campeonatos Espanhol, Italiano e Inglês seguem planejando a volta em junho, seguindo protocolos de higiene severos para garantir que as partidas sejam realizada novamente com segurança.

A UEFA pretende adotar as mesmas estratégias, ou seja, jogos com portões fechados, jogadores envolvidos em constantes testes e a utilização de máscaras nos bancos de reservas. Com as viagens europeias limitadas e as leis de quarentena em andamento em alguns países, também é provável que a maioria dos jogos restantes ocorra no local escolhido para sediar a final.

- Foi criado um grupo de trabalho com a participação de representantes das ligas e clubes para examinar soluções de calendário e opções de formato que permitiriam a conclusão da temporada atual. Uma variedade de opções está sendo analisada e nenhuma decisão foi tomada nesta fase - disse um porta-voz da UEFA.

A data original da final no Estádio Olímpico de Atatürk, em Istambul, era 30 de maio. Quinze anos após o título épico do Liverpool sobre o Milan nos pênaltis, na última vez em que a capital turca sediou uma decisão da maior competição de clubes da Europa.

Por fim, o contrato de televisão da UEFA para Champions League é um dos mais ricos em esportes, com a maior parte desse rendimento sendo paga em prêmios em dinheiro às equipes que participam de seus torneios. Na última temporada, pagou quase 2 bilhões de euros às equipes participantes. Caso não consiga finalizar o torneio, a entidade pode ter um prejuízo de centenas de milhões de dólares.

Comentários