Bruno Guimarães revela 'não' de Botafogo e Fluminense; entenda

Jogador se destacou na temporada 2019 pelo Furacão

Por O Dia

Bruno Guimarães
Bruno Guimarães -
Rio - O carioca Bruno Guimarães, foi um dos jogadores que mais se destacaram no Athletico-PR e na temporada brasileira, em 2019. No início deste ano, se transferiu para o Lyon, da França, mas nem tudo foram flores para o atleta.
Em entrevista no "Aqui Com Benja!", da Fox Sports, o jogador revelou que, no início da carreira, colecionou alguns "nãos", como o do Botafogo e Fluminense, e como quase desistiu do sonho de se tornar jogador profissional por esse motivo.
"Fiquei um ano no Fluminense, fazendo testes, eu tinha 12, 13 anos, e tomei um não. Passou um mês e fiz dois testes no Botafogo, os caras me mandaram embora. Eu cheguei em casa e falei: 'Pai, acho que o futebol não é para mim não. Quero mais não, vou ficar jogando só o futebol de salão', revelou Bruno.
O meia explicou com o detalhes o que ouviu da dupla carioca como motivo para despensa dos clubes.
"No Botafogo, eu fui duas vezes. O treino devia ter uma hora e meia, com uns 70 moleques. Se eu treinei 30 minutos foi muito. Você molecão, ter que mostrar seu futebol com 70 moleques do lado... Acabou o segundo treino, o cara reuniu os que foram mandados embora e disse: 'Do nível de vocês, nós temos um monte. Vamos preferir ficar com os que a gente já tem em casa', e aí mandaram embora", lembrou.

"No Fluminense foi diferente, porque eu já estava há um ano no clube, então eles me chamaram, com meu pai, minha mãe e disseram o motivo do não. Mas que eu tinha talento, tinha futuro, para continuar. Alegaram que tinham muitos atletas, jogadores de seleção naquela época", afirmou o jogador.
Ainda que isso tenha sido um episódio triste na carreira do jogador, ele releva não guardar mágoa e que o fato acabou sendo importante para seu futuro.
"Não tenho mágoa de ninguém, sou um cara tranquilo. Se não foi para ser naquele momento... Talvez se eu passasse em Fluminense ou Botafogo, talvez eu não estaria aqui hoje (Lyon). Tem males na vida que vêm para o bem", finalizou o meio-campista.

Comentários