Pandemia: Fifa muda calendário

Entidade altera planejamento das seleções por conta da covid-19

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Infantino: presidente da Fifa
Infantino: presidente da Fifa -

Os problemas causados pela pandemia de covid fizeram o Conselho da Fifa aprovar, ontem, uma série de mudanças do calendário de seleções. Com isso, a Europa será o único continente no qual haverá jogos entre países no início de setembro, para evitar que muitos jogadores tenham que viajar.

Uma nova Data Fifa foi criada para substituir a anteriormente prevista para os dias 31 de agosto a 8 de setembro de 2020 por uma nova de 24 de janeiro a 1º de fevereiro de 2022.

"Esta mudança é em resposta às perturbações causadas em escala global pela pandemia, que continua a atingir muitas regiões do mundo", revelou comunicado da Fifa. "Com exceção da Uefa", acrescentou.

Com isso, as associações membros dessas confederações (tirando a Uefa, que terá a Liga das Nações nesse período) não são obrigadas a ceder jogadores em setembro de 2020. Assim, atletas sul-americanos que jogam na Europa não terão que viajar para representar suas seleções em seus países.

Comentários