CORAGEM DECISIVA

Por

O Botafogo venceu o Atlético-MG, até então líder do Brasileiro, mesmo sem Honda, seu principal jogador. Paulo Autuori ousou colocando Guilherme Santos como volante — e a aposta deu certo. Com dois pontas de velocidade, o Fogão viu em Luis Henrique e Luiz Fernando a possibilidade de bater um Galo forte, que ataca o tempo inteiro e, por isso, deixa espaços. A coragem foi recompensada e o Alvinegro derrotou um dos melhores times do Brasil. Coragem que está faltando a Flamengo e Fluminense que, mais uma vez, decepcionaram. Dome pede paciência, o elenco também, mas já são quatro jogos e nada muito diferente. Odair Hellmann, desta vez, não me parece ter tanta culpa, já que Egídio e Dodi entregaram a bola e o Bragantino marcou. Coragem que falta agora e, com esses resultados, vai ter que sobrar daqui pra frente...

Comentários