Botafogo não resiste ao Corinthians e perde no retorno do Campeonato Brasileiro

Rodriguinho e Romero fizeram os gols do clube paulista

Por O Dia

Botafogo foi derrotado pelo Corinthians
Botafogo foi derrotado pelo Corinthians -

São Paulo - Em noite de Cássio, a frustração do Botafogo pela derrota de 2 a 0 para o Corinthians, nesta quarta-feira, no Itaquerão, não foi minimizada nem mesmo pela boa atuação na estreia do técnico Marcos Paquetá. Dono das melhores chances ao logo do jogo, o Glorioso não teve a cirúrgica eficiência de Rodriguinho e Romero, autores dos gols da vitória do Timão.

Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

O belíssimo e relâmpago gol de Rodriguinho, com apenas dois minutos de bola rolando, foi um duro golpe no planejamento do técnico Marcos Paquetá. O prenúncio de pane, porém, não se confirmou. Passado o susto, o Botafogo se impôs, e, pelo alto, teve duas boas chances de empatar. Se a cabeçada de Igor Rabello saiu rente ao travessão e assustou Cássio, a de Kieza foi fraquinha.

Curiosos para conhecer o trabalho do novo técnico, o torcedor do Botafogo viu uma equipe organizada e com foco, mesmo em desvantagem. Com Rodrigo Pimpão no lugar de João Pedro, o Glorioso assumiu as rédeas no segundo tempo. Capricho no último passe, melhor pontaria, sorte... Faltou qualidade para traduzir em gol a pressão imposta ao Corinthians.

Se Cássio teve competência para espalmar a bomba no arremate de primeira de Pimpão, Jefferson nada pôde fazer para defender o chute cruzado de Romero, aos 30'. O empate que parecia maduro ficou mais distante. Exposto, o Botafogo se lançou de vez ao ataque em Itaquera.

Cássio parecia determinado a fechar o gol. Foi assim, na boa finalização de Gilson, na entrada da área, na tentativa à queima-roupa de Kieza e no rebote, com Carli, na pequena área. Depois foi a vez, de espalmar outro chute de Pimpão. Sem traumas, é hora de focar no clássico com o Fla, sábado, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 0 BOTAFOGO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Público: 19.830 pagantes (total: 20.073)
Renda: R$ 813.687,13
Árbitro: Rodrigo D'alonso Ferreira (SC)
Auxiliares: Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes (ambos de SC)
Cartões amarelos: Romero e Pedro Henrique (Corinthians); Gilson, Matheus Fernandes e Aguirre (Botafogo)
Gols: Rodriguinho, aos dois minutos do primeiro tempo, e Romero, aos 30 minutos do segundo tempo.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel e Renê Júnior (Paulo Roberto); Romero, Rodriguinho e Mateus Vital (Marquinhos Gabriel); Roger (Jonathas). Técnico: Osmar Loss

BOTAFOGO: Jefferson; Luis Ricardo, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Leo Valencia (Luiz Fernando) e João Pedro (Rodrigo Pimpão); Ezequiel (Aguirre) e Kieza. Técnico: Marcos Paquetá