Paquetá culpa Cássio por derrota e diz que Botafogo vai crescer no Brasileirão

Para o treinador estreante, goleiro rival definiu placar de 2 a 0

Por O Dia

Marcos Paquetá concedeu entrevista coletiva
Marcos Paquetá concedeu entrevista coletiva -

São Paulo - Marcos Paquetá estreou com derrota à frente do Botafogo, mas nem por isso o treinador ficou insatisfeito com a atuação do time no triunfo por 2 a 0 do Corinthians, no duelo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para ele, o resultado teria sido diferente e melhor para a equipe carioca não fosse o goleiro Cássio, em atuação definida como "fundamental" para o placar final pelo técnico.

"Quero parabenizar as duas equipes pelo espetáculo em um jogo aberto e franco. Temos que ter sempre personalidade e não perder nossas características, jogar buscando o gol, ter a posse de bola e jogar agressivamente para criar situações de gol", afirmou Paquetá.

O treinador apontou que o desempenho do Botafogo na derrota na Arena Corinthians lhe dá mais esperanças para a sequência do Brasileirão. "Pelo volume que tivemos e a intensidade que jogamos, somos uma equipe que tem muita coisa a ganhar na competição", prometeu.

Derrotado, o Botafogo permaneceu com 17 pontos, em décimo lugar no Brasileirão. O time voltará a jogar no sábado, em clássico contra o Flamengo, válido pela 14ª rodada. Paquetá minimizou o peso desse confronto e apontou estar mais preocupado em fazer a equipe evoluir em campo.

"É um jogo como outro qualquer, entre duas equipes rivais. Estou pensando no que a gente pode melhorar da nossa equipe, com acertos, vamos ter melhora. Vamos buscar o resultado. Botafogo tem que jogar para frente", disse o treinador.