Botafogo: Leo Valencia entra no radar do Colo-Colo

Com vínculo até junho de 2019, chileno pode assinar pré-contrato em fevereiro

Por O Dia

Leo Valencia
Leo Valencia -

Rio - Com mais seis meses de contrato, Leo Valencia termina o ano com o futuro incerto no Botafogo e na mira do Colo-Colo, do Chile. Em entrevista ao jornal 'El Gráfico', o técnico do clube chileno, Mario Salas, indicou a contratação do camisa 10.

A partir de fevereiro, o chileno pode assinar um pré-contrato e deixar o Glorioso de graça. Em grave situação financeira, o clube não bateu o martelo sobre a possível renovação do apoiador. Com a aposentadoria do ídolo Jefferson, Valencia passa a receber o maior salário em General Severiano: R$ 350 mil.

Com 65 jogos e cinco gols marcados pelo Alvinegro, o chileno ainda divide opiniões nos bastidores do clube e, principalmente, na arquibancada sobre o possível esforço para mantê-lo. Com o salário de dezembro e o 13º atrasados, o Botafogo teve a primeira parcela, no valor de R$ 6,5 milhões, da venda de Matheus Fernandes para o Palmeiras penhorada, e ainda negocia a transferência de Igor Rabello para o Atlético-MG na esperança de aliviar as finanças.

EZEQUIEL PODE SAIR

Reforços, até agora, só a custo zero: o goleiro Diego Cavalieri, que estava sem clube, e o apoiador Gustavo Ferrareis, ex-Figueirense e que chega emprestado pelo Inter. Vice-artilheiro da Série B, com 16 gols, Lucão deixará o Goiás e está no radar.

Caso o Palmeiras não negocie Erik, o clube aposta na boa relação com a diretoria para renovar o empréstimo do atacante. Em negociação para defender o Sport, por empréstimo, Leandrinho pode ganhar a companhia de Ezequiel, fora dos planos de Zé Ricardo.

Comentários