Botafogo pode acertar convênio com governo chinês para categoria de base

Alvinegro poderá receber jogadores da base da China para treinamento

Por O Dia

Representantes da China visitaram General Severiano e o Caio Martins
Representantes da China visitaram General Severiano e o Caio Martins -
Rio - O Botafogo e um convênio do governo da chinês estão a poucos passos para firmarem um acordo. O objetivo do acerto é que os jogadores da base do país oriental sejam recebidos para treinar na base do clube carioca. Este projeto poderá render ao Botafogo um bom retorno financeiro. A possibilidade deste convênio foi divulgada pela "TV Bandeirantes".
Representantes chineses estavam presentes no treinamento da equipe sub-11 em General Severiano, na última terça-feira. Após o treino, eles visitaram o Caio Martins e conheceram o trabalho de captação de atletas para a base. O governo chinês tem feitos esforços para melhorar a qualidade e o nível do futebol no país.
Na próxima sexta, o time sub-12 do Glorioso viajará para a China para disputar Torneio Internacional da Juventude, organizado pela iniciativa "Belt and Road". A competição vai do dia 19 a 23 de agosto na cidade de Meizhou, lugar considerado uma das bases de futebol mais forte da China.
Após este intercâmbio do Glorioso à China, o clube receberá jovens de 13 a 17 anos para treinar na base. O Botafogo receberá um determinado valor por cada estudante chinês que será enviado ao clube. João Vieira, diretor de marketing do Botafogo, explicou o convênio.
"A iniciativa faz parte de projeto do governo chinês para desenvolver o futebol no país, investindo em escolas e oferecendo prática de futebol para estudantes chineses com idade entre 12 e 17 anos. Receberemos estudantes chineses no Brasil e faremos também Junior Camps na China, nos moldes do que fazem os clubes europeus."
O pivô responsável pelo primeiro contato entre o clube e o governo, é um velho conhecido da torcida Alvinegra. Elkeson defendeu o Botafogo de 2011 a 2012, e sua boas atuações atraiu o futebol chinês. Por lá, defendeu o Shanghai SIPG e atualmente atua pelo Guangzhou Evergrande. Elkeson se destacou no futebol oriental e se naturalizou chinês para defender a seleção do país.

Comentários