Botafogo tem novo prejuízo de bilheteria em jogo contra o Atlético-MG

Apesar promoção de ingressos, o público não foi o esperado no Nilton Santos

Por Lance

Pouco mais de 12 mil torcedores foram ao estádio: apoio aos jogadores
Pouco mais de 12 mil torcedores foram ao estádio: apoio aos jogadores -
Rio - O Botafogo pode ter reencontrado o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro após três jogos sem um resultado positivo, mas o prejuízo fora de campo continua existindo. O Alvinegro teve outro prejuízo de bilheteria na vitória de 2 a 1 sobre o Atlético-MG, no último domingo, no Estádio Nilton Santos, pela 18ª rodada da competição nacional.

Apesar da promoção de unificar os ingressos de todos os setores em R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) e da mobilização recente dos torcedores do Botafogo nas redes sociais, principalmente por conta da situação financeira de alguns funcionários do clube, o público foi baixo: apenas 12.098 pessoas estiveram presentes no Nilton Santos.

De acordo com o borderô da partida, o Botafogo arrecadou R$ 213.474,00 de receita, excluindo os valores arrecadados nos bares do Nilton Santos, e teve um prejuízo, entre os custos operacionais e as taxas de federação, de R$ 360.512,30, o que resulta em um déficit financeiro total de R$ 147.038,00.

Por conta da unificação dos preços, o Setor Norte - conhecido como "setor popular" pelos valores mais baixos - estava com um número inferior do que acontece usualmente, com 1.141 presentes, contando sócios-torcedores. É comum que, até pelos bilhetes mais acessíveis, esta parte do estádio concentre grande parte do público, o que não ocorreu.

Com 26 pontos conquistados, o Botafogo não jogará no Rio de Janeiro na próxima rodada do Campeonato Brasileiro. No sábado, a equipe viaja para medir forças com o Ceará, na Arena Castelão, na partida que marcará o final do primeiro turno da competição.

Comentários