Alberto Valentim faz mistério na escalação do Botafogo contra o Corinthians

Botafogo e Corinthians se enfrentam no próximo domingo, às 18 horas

Por Lance

Alberto Valentim
Alberto Valentim -
Rio - O Botafogo vai precisar de mudanças para vencer o Corinthians, no próximo domingo, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time paulista é conhecido pela forte consistência defensiva e o desempenho ofensivo do Glorioso nas últimas apresentações deixou a desejar. Ciente disso, o treinador Alberto Valentim focou no reforço ao ataque nos treinamentos durante a semana. As atividades foram fechadas para os jornalistas e o comandante do Alvinegro quer manter o mistério sobre a escalação e o uso do atacante Diego Souza para surpreender o colega rival, o novato Dyego Coelho.

"O Diego Souza é muito importante, assim como todos os outros jogadores. Sozinho, ele não vai nos dar a permanência na Série A. O Botafogo vai precisar muito dele nesses jogos finais. A gente conta com o Diego cada dia melhor.Faço a minha parte de esconder a escalação para vocês, porque talvez dificulte um pouco para o Coelho. Mas vocês ficam sabendo de tudo. Vamos tentar que não vaze nada mais", afirmou Valentim, na última sexta-feira.

O Alvinegro conta com um fator extra-campo como reforço para o duelo de domingo. O rival paulista não tem tido sorte em solo carioca na atual temporada. Até aqui, o Timão fez cinco jogos no Rio de Janeiro, três pelo Brasileirão, um pela Copa do Brasil e outro pela Sul-Americana. Foram três derrotas e dois empates. Valentim, no entanto, prefere focar no que fazer dentro de campo.

"São números de quando não estávamos aqui, é algo positivo para o clube. Não sei se psicologicamente deixa o jogador mais confiante. Temos que fazer um jogo de muita entrega física, atenção tática, ter personalidade para jogar e muita responsabilidade".
Além de pertencerem à nova geração de treinadores brasileiros, Valentim e Coelho exerceram a mesma função quando jogadores, a de lateral-direito. O treinador do Corinthians assumiu o comando da equipe, de forma interina, na 31ª rodada, após a demissão de Fabio Carille.

Coelho estava à frente do time Sub-20 do clube e fica no cargo até Tiago Nunes, ex-Athletico-PR, assumir no início de 2020. Assim como o técnico botafoguense, tem a fama de ser exigente. O comandante do Glorioso diz conhecer o trabalho do colega desde a base.

"Coelho era um jogador que conheço bem, passou rapidamente pela Itália, passou por grandes clubes. Depois que mudou de lado, acompanhei o trabalho de perto, o trabalho bom que fez no sub-20 do Corinthians. Até como auxiliar do Palmeiras, vi alguns jogos dele. É um técnico jovem como eu e vem buscando esse espaço", afirmou Valentim.

Botafogo e Corinthians se enfrentam no próximo domingo, às 18h (de Brasília), no Nilton Santos. A partida é válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma vitória é essencial para o clube da estrela solitária seguir firme na luta contra o rebaixamento e se afastar do Z-4.

Comentários