Confira as atuações do Botafogo na derrota para o Atlético Mineiro

Garoto Luis Henrique, de 17 anos, foi o destaque positivo em noite desastrosa de Lucas Barros

Por O Dia

O jovem Luis Henrique entrou bem na partida contra o Atlético-MG
O jovem Luis Henrique entrou bem na partida contra o Atlético-MG -
GATITO FERNÁNDEZ: Não teve culpa nos gols sofridos. NOTA 6
MARCINHO: Tímido no apoio, não conseguiu dar conta da marcação a Otero. NOTA 5
MARCELO BENEVENUTO: Dentro do possível, conseguiu levar vantagem no combate direto. NOTA 6,5
CARLI: Foi bem no jogo aéreo, mas a lentidão atrapalha muito. NOTA 5,5
LUCAS BARROS:Atuação desastrosa. Levou um drible humilhante no primeiro gol e também errou no segundo. NOTA 3
CÍCERO: Desperdiçou uma chance clara e esteve perdido na marcação aos meias do Atlético. NOTA 4
WENDERSON: Entrou no fim e pouco tocou na bola. SEM NOTA
JOÃO PAULO: Não encaixou a marcação, mas esteve bem na distribuição. NOTA 5,5
LEO VALENCIA: Teve participação discreta. NOTA 4
LUIS HENRIQUE: Mostrou personalidade para encarar a marcação e quase marcou um belo gol. NOTA 6,5
LUIZ FERNANDO: Apesar de apagado em alguns momentos, foi a melhor arma ofensiva. Deixou Cícero na cara do gol. NOTA 6
VINÍCIUS TANQUE: Muita disposição, mas não passou disso. NOVA 5
DIEGO SOUZA: Tentou segurar a bola e servir os companheiros, mas o time não ajudou. NOTA 6
RHUAN: Perdeu a bola que resultou no primeiro gol e não levou vantagem sobre Guga. NOTA 4
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários