Guilherme Santos - Divulgação
Guilherme SantosDivulgação
Por Lance
Publicado 25/12/2019 10:50 | Atualizado 25/12/2019 11:28
Rio - Atuar no Rio de Janeiro não será nenhuma novidade para Guilherme Santos, novo reforço do Botafogo para 2020. O lateral-esquerdo foi revelado nas divisões de base do Vasco, onde estreou em 2007 com apenas 18 anos de idade. Em 2015, teve rápida e discreta passagem pelo Fluminense.

Vendido ao Almeria, da Espanha, em 2008, antes mesmo de completar 30 jogos como profissional, o jogador, não conseguiu se firmar na Europa. Foram apenas 39 partidas em quatro temporadas até retornar ao Brasil, onde vem tendo uma alta rotativa de clubes. Entre 2011 e 2019, Guilherme vestiu 14 camisas diferentes - duas de fora, no Chipre e no Japão. No Paraná, sua última equipe, pela primeira vez emplacou 45 jogos num ano. E com destaque.
Guilherme terminou a Série B com o 4º melhor aproveitamento de um lateral nos cruzamentos, entre os que tentaram ao menos 100 vezes. Foram 138 tentativas e 27,5% de acerto. Gilson, na Série A, completou 30%, mas com apenas 66 levantamentos buscados - menos da metade. Marcinho, na direita, que arriscou 137, concluiu 23,4%, segundo dados do Footstats.

Arma ofensiva do Tricolor, o lateral foi o segundo do time que mais deu assistências para finalização - 37 - e o 6º da posição entre todos do campeonato. Números que ajudam a entender um pouco do que o Botafogo espera com a chegada do novo reforço.
Publicidade
- Dados do Footstats

36 jogos
2 gols
3 passes para gol
37 assistências para finalização
8 finalizações em gol
10 finalizações para fora
38 cruzamentos certos (líder do time)
100 cruzamentos errados
1492 passes certos (líder do time)
186 passes errados
42 desarmes certos