Botafogo x Ceará - Vítor Silva/ BFR
Botafogo x CearáVítor Silva/ BFR
Por LUCAS FELBINGER
Rio - Botafogo e Ceará fizeram um bom jogo na tarde deste sábado, no Estádio Nilton Santos, pela 19ª rodada do Brasileirão, a última do primeiro turno. A partida terminou empatada em 2 a 2. Honda, de pênalti, e Matheus Babi marcaram para a equipe carioca, enquanto Cléber e Leandro fizeram para o Vozão.
O Glorioso começou bem a partida e criou algumas oportunidades. Aos 15 minutos, o árbitro Diego Pombo precisou recorreu ao VAR para marcar pênalti cometido pelo zagueiro Luiz Otávio em Lecaros. Honda cobrou rasteiro e abriu o placar para os donos da casa.
Publicidade
Pouco depois, aos 22 minutos, o Ceará reagiu e deixou tudo igual. Léo Chú conseguiu encontrar Cléber entrando pelo lado direito da defesa do Botafogo, que se livrou da marcação e soltou uma bomba no ângulo esquerdo do goleiro Diego Cavalieri, que nada pode fazer.
A resposta do Botafogo veio cinco minutos depois. Honda puxou a equipe para o ataque e encontrou Bruno Nazário pela lado direito. O camisa 10 cruzou na medida para Matheus Babi, que cabeceou cruzado para colocar a equipe de Flávio Tenius novamente à frente do placar.
Publicidade
Animado por conta do gol, o Botafogo voltou a se lançar ao ataque e teve a chance de ampliar o placar. A arbitragem recorreu novamente ao árbitro de vídeo para marcar pênalti após toque de mão de Eduardo. Desta vez, o Botafogo optou por mudar o cobrador e não teve a mesma felicidade. Victor Luís isolou e perdeu a oportunidade de marcar o terceiro.
No segundo tempo, o Ceará voltou animado e foi quem criou as melhores oportunidades no início. Aos 5 minutos, Victor Luís e Caio Alexandre se atrapalharam na intermediária e a bola ficou co Vina, que tocou para Leandro Carvalho, que entrou no intervalo, fazer valer a "lei do ex" e empatar a partida em 2 a 2.
Publicidade
As mudanças feitas por Guto Ferreira fizeram bem ao time nordestino, que continuou criando algumas chances para virar a partida. A melhor delas veio em cabeçada do zagueiro Tiago, que parou em grande defesa de Diego Cavalieri.
Pelo lado do Botafogo, as melhores chances foram criadas acionando Kelvin, que substituiu Lecaros, machucado, no fim da primeira etapa e movimentou o lado direito do ataque alvinegro. O camisa 37 ainda teve a chance de marcar nos acréscimos, de voleio, mas Fernando Prass fez boa defesa, deixando o placar em igualdade.
Publicidade
Com o empate, o Botafogo está momentaneamente na 14ª colocação, com 20 pontos. A equipe alvinegra volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo, dia 8, contra o Bahia, às 18h15, em Pituaçu. Antes, encara o Cuiabá, na quarta-feira, às 19h, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, na Arena Pantanal.
FICHA TÉCNICA
Publicidade
BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Vitor Luis; Caio Alexandre (Pedro Raul), Honda (Zé Welison), Bruno Nazario e Lecaros (Kelvin); Warley (Angulo) e Babi. Técnico: Flávio Tenius

CEARÁ: Fernando Prass, Eduardo, Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho (Fernando Sobral), Charles, Vina (Wescley) e Lima (Leandro Carvalho) (Eduardo Brock); Léo Chú (Rick) e Cléber. Técnico: Guto Ferreira.

Local: Estádio Nilton Santos
Árbitro: Diego Pombo Lopez
Gols: Honda (15' 1T)e Babi (28' 1T); Cléber (22' 1T) e Leandro Carvalho (5' 2T)
Cartões amarelos: Bruno Nazário, Marcelo Benevenuto e Honda; Luiz Otávio, Tiago, Fabinho, Guto Ferreira e Leandro Carvalho.
Publicidade
Cartão vermelho: Luiz Otávio e Angulo