Cirurgia de Diego é bem-sucedida

Meia vai ficar pelo menos quatro meses longe dos gramados

Por O Dia

Foi um sucesso a cirurgia do meia Diego, ontem, em um hospital na Barra da Tijuca. Ele sofreu fratura e lesão ligamentar no tornozelo esquerdo e vai precisar de pelo menos quatro meses de recuperação. O retorno aos gramados só deve acontecer em 2020.

"Foi uma cirurgia complexa, de lesão. A previsão de alta é amanhã (hoje) ou sábado. Nos primeiros 15 dias, ficará em casa, e a partir disso inicia a fisioterapia no CT. O prazo de retorno é no mínimo quatro meses", explicou Márcio Tannure, médico do Flamengo.

O meia sofreu a lesão ao ser atingido pelo volante Arroyo, do Emelec. Pelas redes sociais, o equatoriano se desculpou.

"Eu me solidarizo totalmente com meu colega de jogo Diego. Nenhum jogador entra com intenção de fazer dano. Foi um tremendo acidente, jamais fui mal-intencionado. Desejo de coração que se recupere o mais rapidamente possível!", escreveu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários