Pepê em ação com a camisa do Flamengo
Pepê em ação com a camisa do FlamengoAlexandre Vidal/Flamengo
Por Venê Casagrande
Rio - O Flamengo e o meia Pepê encaminharam a renovação de contrato por mais seis meses. O atual vínculo do jovem com o Rubro-Negro vai até o dia 31 deste mês, mas o técnico Rogério Ceni pediu à diretoria a permanência do jogador no elenco, e o desejo do comandante será atendido pela cúpula, que está apalavrado com o estafe do atleta para assinar o novo compromisso nos próximos dias.
A diretoria do Flamengo não vê motivos para não atender à solicitação de Rogério Ceni. Como o custo mensal de Pepê para o clube é pequeno (o salário do jogador é cerca de R$ 20 mil) e o Campeonato Brasileiro vai até o fim de fevereiro, a cúpula tratou de encaminhar a permanência do meia de 22 anos. O acerto não envolverá aumento salarial e nem luvas, o que facilitou a negociação.
Publicidade
Após a chegada de Rogério Ceni ao Flamengo, Pepê foi relacionado para seis partidas, sendo acionado em duas, contra São Paulo, pela Copa do Brasil, e Santos, pelo Brasileiro. Contra o Peixe, o meia ficou oito minutos em campo, fez boas jogadas e botou bola na trave. Após o confronto, Rogério Ceni elogiou o garoto e pediu publicamente a renovação de contrato.
O Pepê eu não conhecia. O contrato dele acaba no dia 31, se a diretoria achar interessante, eu acho interessante a continuidade dele", disse Rogério na ocasião.
Publicidade
QUASE FOI PARA O RIVAL:
Antes da chegada de Rogério Ceni, Pepê estava esquecido no Flamengo. Com Domènec, era relacionado em casos extremos e entrou em campo apenas uma vez na era do catalão. Por conta disso, o jogador chegou a conversar com a diretoria rubro-negra e pediu a rescisão de contrato para fechar com outro clube.
Publicidade
De lá para cá, o cenário mudou, Pepê ganhou oportunidades com Rogério e está perto de renovar com o Flamengo por mais seis meses (até o meio de 2021).