Marcelo Oliveira diz que 'faltou um pouquinho de inspiração' ao Fluminense

Tricolor volta a campo contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira, às 21h45, fora de casa

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Os técnicos Marcelo Oliveira do Fluminense e Milton Mendes do Sport, durante jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2018, no estádio do Maracanã
Os técnicos Marcelo Oliveira do Fluminense e Milton Mendes do Sport, durante jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2018, no estádio do Maracanã -

Rio - Um fato foi unânime pelos lados do Fluminense ao final do empate sem gols contra o Sport, neste domingo, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro: a lamentação pela falta de poder ofensivo da equipe. O time carioca chegou ao terceiro jogo sem marcar e deixou o gramado lamentando as chances perdidas. Na opinião do técnico Marcelo Oliveira, faltou inspiração.

"Faltou um pouquinho de inspiração para fazermos o gol, porque nós dominamos o adversário, tivemos mais controle de bola e fomos melhores. É um lance de técnica ou de criatividade que se decide um lance e se faz o gol", analisou.

E completou suas explicações: "Chutamos muito, rondamos a área do Sport, mas sem poder de conclusão. Então a cobrança que fizemos agora foi no sentido de pedir mais qualidade. Tudo bem que ficamos a maior parte do tempo com a bola no pé, mas não foi o suficiente para esse tipo de jogo tão fechado".

O Fluminense entrou em campo neste domingo com quatro atacantes de ofício (Luciano, Junior Dutra, Everaldo e Marcos Júnior), mas não conseguiu marcar. "Queríamos os três pontos. Conseguimos impor nosso jogo, criamos muitas chances, mas não matamos. Anulamos os contra-ataques deles e quando você não mata um jogo como este, acaba ficando complicado", acrescentou o capitão Digão.

Além da irritação pelas chances desperdiçadas, o Fluminense deixou o gramado lamentando o fato de não conseguir se afastar o tanto que gostaria da zona de rebaixamento. Em 10º lugar, com 41 pontos, a equipe está a seis do Vitória fecha o Z4. "Este é o lado bom do jogo, porque continuamos numa boa posição e vamos precisar de mais um resultado positivo nos próximos jogos", lembrou Marcelo Oliveira.

"Agora é levantar a cabeça, temos um jogo importante na quarta-feira, contra o líder do campeonato, fora de casa. Temos que chegar fortes, resolver nossa situação para chegar com cabeça boa no dia 28", encerrou Digão.

O Fluminense volta a campo contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira, às 21h45, fora de casa. No dia 28, o time carioca recebe o Atlético-PR, no jogo de volta da semifinal da Sul-Americana. Na partida de ida, a equipe paranaense venceu por 2 a 0.