Scarpa comenta momento do Fluminense: 'Só não está pior porque o grupo é unido'

Apoiador deixou o clube carioca após problemas com salários atrasados

Por O Dia

Gustavo Scarpa
Gustavo Scarpa -

Rio - Revelado em Xerém, o apoiador do Palmeiras, Gustavo Scarpa deixou o Fluminense após colocar o clube na Justiça por conta de salários atrasados. Situação que se repete nessa reta final em que a equipe carioca luta contra o rebaixamento no Brasileiro. O jogador lamentou a situação do ex-clube e fez elogios ao atual grupo tricolor.

"A situação é ruim e já não vem de agora. O clube é muito mal administrado. A gente fica triste, porque foi muito feliz lá e porque tem muitos amigos. A situação não é pior porque existe um grupo muito unido e qualificado no Fluminense", afirmou o apoiador em entrevista à Fox Sports.

O Fluminense enfrentará na última rodada o América-MG, no Rio de Janeiro. Para escapar do rebaixamento sem depender de uma combinação de resultados, a equipe carioca precisará vencer o empatar com o Coelho.