Confira as notas dos jogadores do Fluminense na derrota para o Atlético-PR

Por

Fluminense foi eliminado -

JÚLIO CÉSAR: Fuzilado nos dois gols do Atlético. Se o ataque não ajuda, aí fica difícil. Completamente isento de qualquer culpa. NOTA 6

JADSON: Ficou meia hora na lateral direita e não fez nada. Foi para o meio e continuou a não fazer nada. NOTA 4

PAULO RICARDO: Meia hora em campo e ainda assim arrumou tempo para errar alguns passes. Saiu por opção tática. NOTA 3

LÉO: Inoperante. Não sabe nem levantar a cabeça para cruzar a bola. NOTA 2

GUM: Só sua história no clube não basta. Afunda junto com a mediocridade do time. Mesmo assim, teve seu nome gritado pela torcida. NOTA 4

DODI: Entrou na fogueira, na vaga de um extenuado Gum. SEM NOTA

DIGÃO: Corre, se esforça, se arrisca no ataque, mas a fase, realmente, não ajuda. NOTA 4

AYRTON LUCAS: Falha indesculpável no lance no primeiro gol atleticano. Mais uma atuação para lá de lamentável. NOTA 1

RICHARD: Tonto no meio do ataque atleticano. Será que o Corinthians quer mesmo contratá-lo? NOTA 2

SORNOZA: Seu futebol deve ter sido extraviado para o Equador. Não joga nada há muito tempo. NOTA 2

JÚNIOR DUTRA: Uma furada digna de envergonhar 116 anos de história do Fluminense. Horripilante. NOTA 1

LUCIANO: Corre e reclama. Chuta e reclama. Fura e reclama. E como reclama. Aliás, é o que faz de melhor em campo. NOTA 2

MARCOS JÚNIOR: Só foi percebido pela torcida ao deixar o campo para a entrada de Everaldo. NOTA 2

EVERALDO: Entrou com muita disposição, correu, mas não tem com quem tocar a bola. Sozinho, não consegue ser decisivo. NOTA 4

Comentários