Atitude do Fluminense é exaltada por Marcão, que alerta: 'Temos que ser melhores'

Treinador destacou pontos positivos no empate com o Atlético-MG

Por Lance

Marcão
Marcão -
Rio - O primeiro tempo do Fluminense no empate com o Atlético-MG na noite deste sábado, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, foi bom. A equipe comandada por Marcão saiu na frente, mas após recuar no segundo tempo, acabou sendo pressionada pelo adversário, levando o gol do empate no fim. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico tricolor exaltou a atitude de seus jogadores em grande parte da partida, lamentando o desfecho que não era o esperado.

"Fizemos um primeiro tempo muito bom, marcamos em cima, conseguimos impor nosso ritmo e nosso jogo. Marcamos um gol e tivemos a possibilidade de fazer outro. Sabíamos que o Atlético-MG teria uma proposta diferente no segundo tempo. Eles arriscaram muito no final, eles tentaram confundir nossa marcação, mas a gente tinha encaixado. Infelizmente, na última bola, eles conseguiram empatar o jogo. Quero enaltecer a entrega dos nosso jogadores", comentou o treinador, alertando:
 
"Tomar um gol faltando poucos minutos... Temos que analisar tudo o que aconteceu para terminar no nosso gol. Vamos estudar com calma durante a semana. Em jogos tão importantes, como vão ser os próximos, temos que ser melhores. Queríamos entregar uma vitória importante para o nosso torcedor, que compareceu em massa. Em nenhum momento criticou a equipe, viram o comprometimento dos atletas. Infelizmente o resultado positivo não veio. Vamos continuar trabalhando e temos que manter a cabeça forte para as próximas batalhas."

Com o resultado, o Fluminense chegou a 35 pontos, mesma pontuação do Cruzeiro, mas ficará ao menos até segunda-feira fora da zona de rebaixamento - terá que torcer pela derrota da Raposa para o Avaí para não retornar ao Z4 nesta rodada. O Tricolor volta a campo pelo Campeonato Brasileiro visitando o CSA, no próximo dia 25. Marcão, ao ser questionado no fim da conversa com os jornalistas neste sábado se irá secar o Cruzeiro, disse ter a certeza de que o time que comanda tem coisas boas pela frente.

"Queríamos sair daqui com a vitória, até para colocar pressão nas outras equipes. O comprometimento é total de todos. No final, queremos premiar todo mundo que está torcendo por nós. A briga é muito árdua, difícil. Confio muito nos nossos atletas, na dedicação deles. No que depender de nós, vamos brigar muito ainda. A gente depende de outro resultado, mas vai acontecer coisa legal para gente na frente, tenho certeza", finalizou.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários