João Pedro fala sobre adeus ao Fluminense e projeta futuro na Europa

Jovem foi vendido para o Watford, da Inglaterra, antes mesmo de estrear pela equipe profissional

Por Lance

João Pedro
João Pedro -
Rio - O atacante João Pedro, de 18 anos, teve um começo fulminante pelo Fluminense em 2019. Destaque nas categorias de base, a joia foi vendida para o Watford, da Inglaterra, antes mesmo de estrear pela equipe profissional. Em seu primeiro clássico, em março, João não se intimidou diante do Flamengo e marcou seu primeiro gol na carreira.

Com o passar dos meses, o garoto amargou o banco de reservas e um jejum de gols, enquanto o Fluminense lutava para não cair no Brasileirão. Com a missão cumprida no Brasil,o atacante viaja para a Inglaterra com um desafio semelhante, mas com um grau de dificuldade maior. Na difícil Premier League, a nova equipe do jogador ocupa a última colocação.

João Pedro falou sobre a expectativa pelo novo desafio com exclusividade ao LANCE!, analisou seu primeiro ano como profissional e deixou um recado ao torcedor Tricolor!

Confira, na íntegra, a seguir:

1 - Qual é o balanço que você faz desta temporada, a primeira entre os profissionais?

- (Foi) uma boa temporada , minhas atuações foram muito acima do q eu esperava!

2 - A reta final não foi a das melhores, com você amargando a reserva e até mesmo nem sendo utilizado. Ao que você atribui essa fase não tão boa e a escassez de gols, já que o último foi no dia 7 de setembro?

- Futebol é momento. Infelizmente fiquei alguns jogos na reserva porque não vinha fazendo gols, mas mesmo assim com boas atuações! Mas foi um ano muito produtivo terminei como vice artilheiro do time.

3 - Além de ajudar o Fluminense dentro de campo, as suas metas contribuíram para a saúde financeira do clube. Qual foi o seu sentimento quanto a isso, já que o seu rendimento foi primordial para o pagamento de outros funcionários e jogadores?

- Nem pensava sobre isso, só queria estar dentro de campo e ajudar ao Fluminense!

4 - No fim, além de livrar o Fluminense do rebaixamento, o elenco conseguiu a vaga na Copa Sul-Americana. O sentimento é de dever cumprido?

- Sim, porque é uma competição internacional e da muita visibilidade pro clube!

5 - Tem algo que você se arrepende ou poderia ter feito diferente em 2019?

- Não! Sempre me empenhei e dei o meu melhor. Algumas vezes as coisas não acontecem do jeito que a gente quer mas faz parte do futebol .

6 - O Watford está em último colocado no Campeonato Inglês. Como você analisa essa situação e como está a motivação para esse desafio, de livrar o time do rebaixamento?

- Estou muito motivado, sempre tive o sonho de jogar na Inglaterra e espero chegar e ajudar o time a sair dessa situação!

7 - Qual é o recado que você dá para o torcedor Tricolor?

- Agradecer ao carinho q o torcedor sempre teve comigo! Eu passei metade da minha minha vida aqui e sempre terei um carinho enorme pelo clube.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários

João Pedro fala sobre adeus ao Fluminense e projeta futuro na Europa O Dia - Fluminense

João Pedro fala sobre adeus ao Fluminense e projeta futuro na Europa

Jovem foi vendido para o Watford, da Inglaterra, antes mesmo de estrear pela equipe profissional

Por Lance

João Pedro
João Pedro -
Rio - O atacante João Pedro, de 18 anos, teve um começo fulminante pelo Fluminense em 2019. Destaque nas categorias de base, a joia foi vendida para o Watford, da Inglaterra, antes mesmo de estrear pela equipe profissional. Em seu primeiro clássico, em março, João não se intimidou diante do Flamengo e marcou seu primeiro gol na carreira.

Com o passar dos meses, o garoto amargou o banco de reservas e um jejum de gols, enquanto o Fluminense lutava para não cair no Brasileirão. Com a missão cumprida no Brasil,o atacante viaja para a Inglaterra com um desafio semelhante, mas com um grau de dificuldade maior. Na difícil Premier League, a nova equipe do jogador ocupa a última colocação.

João Pedro falou sobre a expectativa pelo novo desafio com exclusividade ao LANCE!, analisou seu primeiro ano como profissional e deixou um recado ao torcedor Tricolor!

Confira, na íntegra, a seguir:

1 - Qual é o balanço que você faz desta temporada, a primeira entre os profissionais?

- (Foi) uma boa temporada , minhas atuações foram muito acima do q eu esperava!

2 - A reta final não foi a das melhores, com você amargando a reserva e até mesmo nem sendo utilizado. Ao que você atribui essa fase não tão boa e a escassez de gols, já que o último foi no dia 7 de setembro?

- Futebol é momento. Infelizmente fiquei alguns jogos na reserva porque não vinha fazendo gols, mas mesmo assim com boas atuações! Mas foi um ano muito produtivo terminei como vice artilheiro do time.

3 - Além de ajudar o Fluminense dentro de campo, as suas metas contribuíram para a saúde financeira do clube. Qual foi o seu sentimento quanto a isso, já que o seu rendimento foi primordial para o pagamento de outros funcionários e jogadores?

- Nem pensava sobre isso, só queria estar dentro de campo e ajudar ao Fluminense!

4 - No fim, além de livrar o Fluminense do rebaixamento, o elenco conseguiu a vaga na Copa Sul-Americana. O sentimento é de dever cumprido?

- Sim, porque é uma competição internacional e da muita visibilidade pro clube!

5 - Tem algo que você se arrepende ou poderia ter feito diferente em 2019?

- Não! Sempre me empenhei e dei o meu melhor. Algumas vezes as coisas não acontecem do jeito que a gente quer mas faz parte do futebol .

6 - O Watford está em último colocado no Campeonato Inglês. Como você analisa essa situação e como está a motivação para esse desafio, de livrar o time do rebaixamento?

- Estou muito motivado, sempre tive o sonho de jogar na Inglaterra e espero chegar e ajudar o time a sair dessa situação!

7 - Qual é o recado que você dá para o torcedor Tricolor?

- Agradecer ao carinho q o torcedor sempre teve comigo! Eu passei metade da minha minha vida aqui e sempre terei um carinho enorme pelo clube.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários