Fluminense inicia 2020 com poucas opções de zagueiro para Odair

Tricolor ainda não contratou nenhum reforço para o setor

Por Lance

Matheus Ferraz renovou contrato com o Fluminense
Matheus Ferraz renovou contrato com o Fluminense -
Rio - As atividades de pré-temporada do Fluminense seguem a pleno vapor, no Rio de Janeiro. O elenco tricolor se reapresentou na última quarta-feira e realiza treinos em período integral visando a estreia no Campeonato Carioca, dia 19 de janeiro. Entre chegadas e partidas, um setor da equipe ainda tem poucas peças para serem utilizadas pelo treinador Odair Hellmann. A zaga do clube carioca conta apenas com Matheus Ferraz, Frazan, Luccas Claro e Higor, jogadores pouco ou nunca utilizados em 2019. Dos reforços anunciados ou encaminhados, até o momento, nenhum é zagueiro.

A dupla titular ideal do Flu em boa parte dos jogos da temporada passada era formada por Nino e Digão. Os dois, no entanto, não iniciaram o ano junto com o restante do elenco. A situação de Nino é mais tranquila. O zagueiro de 22 anos teve a permanência assegurada por mais três temporadas, depois do Tricolor ter adquirido 60% dos direitos econômicos dele junto ao Criciúma, em dezembro. Destaque do setor defensivo tricolor, ele se apresentou à Seleção Brasileira Sub-23, na última sexta-feira, para a disputa do Torneio Pré-Olímpico, na Colômbia, até o dia 9 de fevereiro.

Já Digão, capitão e referência dentro do grupo nas duas últimas temporadas, viu vencer o prazo de empréstimo do Cruzeiro, no final do ano passado e ainda tenta uma acordo para rescindir o contrato com a Raposa, com quem tem vínculo por mais um semestre.

As opções disponíveis para Odair no momento são Matheus Ferraz, Frazan, Luccas Claro e o jovem Higor, vindo da base para compor elenco. Aos 34 anos, o experiente Ferraz não entra em campo desde o dia 2 de junho, em razão de uma grave lesão no joelho direito, sofrida em partida contra o Athletico-PR, pelo Brasileirão. Antes disso, no entanto, era titular absoluto e tinha a confiança da comissão técnica, além do carinho da torcida. Recuperado, vai brigar novamente por espaço e terá de recuperar o futebol de alto nível. Em 2019, fez 32 jogos e marcou três gols.

Cria da casa, Frazan foi reserva na temporada anterior, mas bastante utilizado em jogos decisivos, sem comprometer. O jogador de 23 anos atuou por 795 minutos, em 14 partidas e chegou a balançar as redes uma vez, contra o Athletico-PR, na 26ª rodada do Brasileiro. Com a chegada de Odair terá a oportunidade e se consolidar na equipe.

Luccas Claro, por sua vez, chegou ao Flu com a temporada já em andamento, em setembro. para compor elenco. Vindo da segunda divisão da Turquia, o zagueiro de 28 anos acabou só estreando com a camisa tricolor quase dois meses depois, no empate em 1 a 1, com o Avaí, na reta final do Brasileiro. Voltou a atuar na última rodada da competição, quando o Tricolor bateu o Corinthians, em São Paulo. Com contrato até o fim de 2020, Luccas tem a chance de brigar pela titularidade na posição.

Até agora, seis reforços foram confirmados nas Laranjeiras, sem nenhum zagueiro entre eles. O clube fechou com os atacantes Caio Paulista e Felippe Cardoso, os meias Yago Felipe, Hudson e Henrique e com o lateral-esquerdo Egídio. O nome de Emerson Santos, do Palmeiras chegou a ser sondado, como plano B para o caso de não haver acerto com Digão, mas, por enquanto, as negociações não avançaram.

​O Fluminense realiza pré-temporada no CT Carlos José Castilho, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, até a estreia pelo Campeonato Carioca, dia 19 de janeiro, contra o Boavista, fora de casa.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários