Sensação de Xerém, Miguel quase foi perdido para um rival

Destaque neste início de 2020, meia de 16 anos jogou pelo Vasco por um ano

Por HUGO PERRUSO

Miguel no treino do Fluminense
Miguel no treino do Fluminense -

Rio - A cada ano um Moleque de Xerém torna-se xodó do Fluminense. Em 2020, Miguel desponta para ser esse nome. Mais jovem a vestir a camisa tricolor, o garoto de 16 anos estreou como titular contra o Bangu e mostrou porque é tratado com grande expectativa: são dois jogos seguidos como destaque, além de duas assistências. E pensar que por pouco outra torcida poderia estar celebrando a promessa.

No Fluminense desde os 10 anos, Miguel chegou a deixar o clube aos 13, quando o Vasco fez uma proposta melhor à família. Entretanto, o garoto não se adaptou e voltou a Xerém um ano depois, onde deu início à ascensão meteórica. 

Com 15 anos, Miguel era o camisa 10 da equipe sub-16 e não demorou a subir para o sub-17. Chamou a atenção do técnico Fernando Diniz e, já com 16, fez sua estreia contra o Cruzeiro, pelas oitavas de final da Copa do Brasil de 2019.

Só então Miguel assinou o contrato profissional, até junho de 2022. Uma das exigências era o garoto integrar o grupo principal. Ele só jogou quatro vezes em 2019, mas começou esta temporada como um dos destaques.

Mesmo com Odair Hellmann pregando cautela após a boa atuação contra a Portuguesa, Miguel foi titular e aguentou 81 minutos contra o Bangu. O treinador, preocupado com a questão física, pediu ao jovem que ficasse centralizado, numa posição que desgastaria menos. 

Apesar da animação da torcida, a tendência é que Miguel não queime etapas, principalmente quando Odair tiver todos os jogadores à disposição. Enquanto isso, o garoto vai aproveitando as chances.

"Miguel é um menino de talento, precisamos saber trabalhá-lo. Vai evoluir. Não está com a maturação fechada ainda. Tem talento e futebol. Se tiver que ficar no banco e entrar, ok. Vamos tomar as decisões nos treinamentos. Ele é da escola de Xerém, mais um jogador importante para o grupo", afirmou Odair.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários