Evanílson - Luciano Belford/Agência O Dia
EvanílsonLuciano Belford/Agência O Dia
Por Lance
Rio - Evanílson surgiu como elemento surpresa no ano passado e vem se tornando destaque com a camisa 9 do Fluminense. À espera da situação da rescisão de Fred com o Cruzeiro e lidando com a "traição" de Pedro, agora no Flamengo, o Tricolor tem colhido bons frutos com o atacante, de 20 anos, que anotou quatro gols em seis partidas realizadas. Ele é um dos que tem agradado a torcida no neste temporada. 

Os quatro gols em seis jogos são ainda mais impressionantes, pois o centroavante atuou em apenas 243 minutos com a camisa tricolor. Logo na estreia, fez os dois na vitória sobre o Corinthians, em Itaquera, e balançou as redes outras duas vezes, no empate com o Union La Calera (CHI), pela Copa Sul-Americana, e na derrota para o arquirrival Flamengo.

Este destaque do atleta pode render uma grana para o time das Laranjeiras. Segundo o Portal de Transparência, que está no site oficial, o clube detém 10% dos direitos econômicos do jogador, além dos 20% da vitrine do jogador caso seja negociado. Ele pode ser importante para o futuro da diretoria.

Para ressaltar ainda mais a temporada, Evanílson chegou ao mesmo número de gols marcados por Fred, ídolo tricolor e que pode virar concorrente do jovem. Fred marcou época com a camisa do Fluminense, chegou às Laranjeiras em 2009. A história dele no Tricolor é muito conhecida: 288 jogos, 172 gols, dois títulos do Campeonato Brasileiro, um Campeonato Carioca e uma idolatria que ainda bate forte no coração dos torcedores. Em seus seis primeiros jogos, Fred marcou quatro vezes: dois na estreia, contra o Macaé, um contra o Bangu, e outro sobre o Águia de Marabá-PA, pela Copa do Brasil.

Além disso, torna-se uma peça das categorias de base que se destaca no profissional. O clube perdeu Pedro no ano passado para a Fiorentina, da Itália, e ficou sem um centroavante de origem. No entanto, ele retornou ao Flamengo e recebeu muitas críticas dos torcedores tricolores. Com isso, o atleta tricolor sai de promessa para realidade. E briga por titularidade com: Fernando Pacheco, Pablo Dyego e Felippe Cardoso.

Na temporada passada, como camisa 9, o jogador fez 28 gols pelo sub-20, suficientes para abrir os olhos da comissão técnica do time profissional. E o bom início mostrou que a avaliação foi correta. Tanto que, o Fluminense correu para manter o atleta no elenco. Até que a diretoria conseguiu um empréstimo junto à Tombense, de Minas Gerais, por mais duas temporadas.

Para manter o bom rendimento, Evanílson e o Fluminense terão mais um desafio pela frente na próxima terça-feira, às 19h15, contra o Unión La Calera, pela primeira fase da Copa Sul-Americana. A torcida espera que o atacante esteja iluminado para garantir a classificação à fase seguinte.
Você pode gostar
Comentários