Odair comenta dificuldades do Fluminense no gramado sintético: 'Não temos esse timing'

Técnico da equipe carioca falou sobre a partida que eliminou o Tricolor na última quarta-feira, contra o La Calera

Por O Dia

O técnico Odair Hellmann admite que o Fluminense ainda tem muito a evoluir na temporada
O técnico Odair Hellmann admite que o Fluminense ainda tem muito a evoluir na temporada -
Rio - Com empates nos jogos de ida e volta, o Fluminense foi eliminado da Copa Sul-Americana na última quarta-feira. O placar de 0 a 0 no Chile deu a classificação ao Unión La Calera, que conseguiu o resultado de 1 a 1 no Rio de Janeiro. Após a desclassificação, em coletiva, o técnico Odair Hellmann falou sobre a partida e comentou a dificuldade da equipe carioca com o gramado sintético do estádio.

"Claro que quem tem a situação que facilita quem tem esse campo. Ao conseguirem o resultado que conseguiram no Maracanã, proporciona muito mais facilidade para o jogo que eles têm em casa, um jogo de marcação muito forte, agressiva, de baixar as linhas de marcação, de dar a posse para o adversário, para sair no contra-ataque, sair muito rápido com toques de primeira quando recuperar a bola aproveitando o gramado ou alongando a bola nas costas da defesa. O empate no primeiro jogo proporcionou tudo isso", disse Odair, que emendou:

"O segundo tempo foi claro. Nós, dentro do campo do La Calera, com todo domínio, mas para criar a situação final, que é o que te dá o gol, sempre tem um timing atrasado, a bola sempre sobe um pouquinho mais. Porque não temos esse timing. O resultado de lá ajudou ainda mais a proporcionar o jogo de hoje para eles. Foi isso que aconteceu. Aqui, para se criar, se o La Calera tivesse que buscar o resultado, o jogo seria totalmente diferente. Eles teriam que se abrir, dar espaço para nós e, com a qualidade que temos, iríamos criar mais oportunidades", encerrou.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários