Copa Libertadores da America - Fluminense x River Plate. Primeira rodada grupo D.
Copa Libertadores da America - Fluminense x River Plate. Primeira rodada grupo D.Daniel Castelo Branco
Por O Dia
Marcos Felipe - Cometeu um pênalti 'juvenil' em Borré no primeiro tempo, que Montiel converteu. NOTA 3,5

Calegari - Fez fez bem o papel defensivo e não comprometeu nas investidas ao ataque. NOTA 6,5

Nino - Mais uma grande exibição com a camisa tricolor. Seguro, bom aproveitamento nas bolas aéreas e bom poder de posicionamento. NOTA 8

Lucas Claro - Fez bem a cobertura de Egidio, que não foi ao ataque em várias oportunidades. NOTA 7

Egidio - Experiente, compensou a falta de técnica com raça e vontade. NOTA 6,5

Martinelli - Fez uma partidaça, com raça e muita qualidade técnica. Não sentiu a pressão de jogar a Libertadores, apesar da pouca idade. NOTA 8
Wellington - Entrou no fim e nada fez. SEM NOTA.

Yago - Bobeou no lance do gol do River e fez um jogo burocrático. NOTA 5

Nenê - Correu mais do que o normal no primeiro tempo e foi substituído aos 12 do segundo tempo. Partida comum. NOTA 6

Cazares - Autor da linda jogada e da assistência para o gol de Fred. Deu muita dinâmica ao setor ofensivo. NOTA 8,5

Kayky - Foi bem marcado e não conseguiu se dar bem nas jogadas contra os argentinos. NOTA 5

Gabriel Teixeira - Em 30 minutos fez mais que Kayky, jogador que saiu para a sua entrada no segundo tempo. NOTA 6,5

Fred - Fez o que mais sabe: gol. O ídolo tricolor não teve muitas oportunidades, mas quando a bola chegou, ele botou para dentro. NOTA 9

Abel Hernández - Uma estreia pelo Fluminense sem grandes emoções. Exibição comum durante 15 minutos em campo. NOTA 6

Luiz Henrique - Um dos melhores em campo. Deu canseira aos argentinos com a sua velocidade e habilidade, mas cansou no segundo tempo. NOTA 8

Lucca - Ficou tempo em campo, mas teve a oportunidade de virar o jogo e desperdiçou a oportunidade, aos 32 do segundo tempo. NOTA 6

Roger Machado - As substituições surtiram efeito e fez o time melhorar no segundo. Não teve culpa no gol sofrido e quase conseguiu a virada na etapa final. NOTA 7