Jorginho lamenta derrota do Vasco para o Palmeiras: 'Não conseguimos reação'

Com dois jogos a menos, Cruz-maltino tenta se manter longe da zona de rebaixamento

Por O Dia

Jorginho lamenta derrota do Vasco
Jorginho lamenta derrota do Vasco -

São Paulo - O Vasco enfrentou o Palmeiras neste domingo e foi derrotado por 1 a 0. A equipe fez um bom primeiro tempo, criou oportunidades, mas não foi suficiente para atingir um bom resultado, resultando na proximidade com a zona de rebaixamento. Para o técnico Jorginho, faltou reação após o gol do adversário.

"Nós tivemos uma queda de rendimento no segundo tempo, nos descontrolamos. Não mantivemos a organização. Tentamos com o Vinícius Araújo, Maxi... Conseguimos organizar de novo, mas não reagimos diante do gol que levamos", analisou o treinador.

"Temos jogadores com capacidade para fazer gols, mas vai passando o tempo... o empate era um bom resultado. Quando levamos, não conseguimos uma reação. Um time como o Vasco precisa reagir em situações assim. Esperei, depois acabamos mudando o time", completou.

A equipe criou chances de balançar as redes, mas Jorginho lamentou a falta de pontaria.

"Difícil ficar lamentando coisas que não aconteceram. Contra a LDU foram 36 chutes. Hoje nem tanto. Criamos, mas está faltando o arremate. Estamos treinando e vamos continuar treinando", afirmou o comandante.

Mesmo com o momento conturbado que a equipe enfrenta, o treinador acredita que o elenco vai evoluir e os resultados serão melhores.

"Contra o São Paulo fizemos umas das melhores partidas e levamos um que poderia, no momento final. Temos tentado organizar defensivamente, trabalhar finalizações, movimentações, cruzamentos, infiltrações... de tudo. Acreditamos que a qualquer momento a coisa vai melhorar", desabafou Jorginho.

A partida contou com a estreia de Castán e ausência de Breno. Para o comandante do Cruz-maltino, o reforço entrou bem em campo, mas foi possível perceber a falta do zagueiro.

"O Castán é um excelente jogador. Tinha de colocar ele ali. Perguntei se aguentaria. Acho que não comprometeu. Fez uma boa partida", afirmou o treinador.

"Sobre o Breno só o médico pode esclarecer. Se tivesse condições de jogo, viria, com certeza. Vim com dois zagueiros canhotos. Não tínhamos o Luiz também. Tem um sentido de marcação maravilhoso. Estamos sofrendo com as lesões", confessou Jorginho.

Com dois jogos a menos, o Vasco ocupa a 15ª posição com 19 pontos. O próximo compromisso do clube carioca é contra o Ceará no dia 20 de agosto.