'Temos que valorizar nosso ponto pela atuação do time', diz Valentim após empate

Treinador do Vasco afirmou que equipe fez melhor partida sob seu comando e minimizou vaias da torcida. Cruzmaltino ficou no 1 a 1 com o Internacional

Por O Dia

Alberto Valentim quer os três pontos
Alberto Valentim quer os três pontos -

Rio - O empate em 1 a 1 com o Internacional não era o resultado que o torcedor cruzmaltino esperava. O ponto conquistado manteve o time fora da zona de rebaixamento, porém, o Vasco saiu de campo sob críticas de quem foi até São Januário nesta sexta-feira. Alberto Valentim também não comemorou o resultado, porém, destacou que a atuação da equipe foi a melhor sob seu comando.

"Para mim foi a melhor, junto contra Flamengo e Santos. Eu tenho elogiado tanto eles nos treinos. Hoje seria um pecado se não tivéssemos empatado a partida. Pedi encarecidamente na preleção que jogássemos como treinamos (...) Hoje temos que valorizar nosso ponto pela atuação do time. ", disse.

Ao ser questionado sobre as vaias da torcida, o treinador contemporizou. "Se nós tivéssemos em outra situação, em relação a números na classificação, a torcida teria aplaudido muito o time pela atuação que tivemos contra um time que está lutando para ser campeão".

Sobre a arbitragrem, Valentim preferiu não comentar as polêmicas da partida. Jogadores e comissão técnica do Inter reclamaram bastante do lance em que o árbitro marcou pênalti a favor do Vasco. Maxi converteu, deixando tudo igual.

"Com tantas dificuldades que estamos aqui, nunca saí chegando falando de arbitragem para vocês. Peguem o jogo do Santos que ninguém falou que o Santos fez gol irregular. Não abri a boca para falar de arbitragem. Minhas cobranças faço ao quarto árbitro", afirmou.

Com 35 pontos, o Vasco volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Fluminense, no Maracanã, às 17h.