Vasco ganha cara para a decisão

Recuperados, Fernando Miguel e Castan devem jogar. Rossi ainda será avaliado pelos médicos e é dúvida

Por O Dia

Recuperado de uma lesão muscular que o deixou fora do jogo contra o Santos, Fernando Miguel tem escalação garantida para a decisão
Recuperado de uma lesão muscular que o deixou fora do jogo contra o Santos, Fernando Miguel tem escalação garantida para a decisão -

O Vasco precisa ser mais gigante do que nunca para encarar o Flamengo na decisão deste domingo, no Maracanã. Com a missão de vencer por três gols de diferença para ser campeão carioca — ou dois para forçar a decisão por pênaltis — , o time terá a força quase máxima.

O técnico Alberto Valentim comandou nesta sexta-feira um treino tático no CT do Almirante, em Vargem Pequena, para fazer alguns ajustes, tanto que a atividade foi fechada para a imprensa. O que se sabe apenas é que o atacante Rossi, que ainda se recupera de uma lesão na coxa esquerda, ainda será reavaliado pelo departamento médico para saber se terá condições de jogar. Pikachu e Yan Sasse são os possíveis substitutos.

Já o goleiro Fernando Miguel, que não pegou o Santos por causa de uma lesão na panturrilha, e o zagueiro Leandro Castan, também com problemas musculares, não preocupam os médicos e devem ser escalados.

Depois da má atuação na derrota de 2 a 0 para o Flamengo, no Engenhão, no primeiro duelo das finais do Carioca, Valentim ficou com a pulga atrás da orelha, já que o time perdeu em velocidade no setor ofensivo com Bruno César e Maxi López. Mas uma mudança nesse sentido é tratada com mistério.

"Temos que corrigir os erros que apresentamos no primeiro jogo. Contra o Santos, a equipe já se comportou melhor. É decisão e precisamos encará-la com coração mesmo. Como disse antes, o Flamengo tem uma vantagem, mas nosso time possui plenas condições de reverter esse resultado", disse o zagueiro Werley.

Comentários