À espera de treinador, Vasco pode ter desfalques de peso na estreia do Brasileiro

Fernando Miguel e Leandro Castan deixaram o jogo contra o Santos machucados e são dúvidas

Por O Dia

Ricardo Graça fez um dos gols da vitória por 2 a 1 sobre o Santos, pela Copa do Brasil
Ricardo Graça fez um dos gols da vitória por 2 a 1 sobre o Santos, pela Copa do Brasil -

Rio - Enquanto a diretoria do Vasco prioriza os nomes de Jorge Jesus e Dorival Júnior para substituir Alberto Valentim, o técnico interino Marcos Valadares terá muito trabalho para montar a equipe que enfrentará o Atlhetico-PR, domingo, na Arena da Baixada. Cercado de dúvidas, o comandante do sub-20 Cruzmaltino ainda não sabe se terá Fernando Miguel e Leandro Castan à disposição na abertura do Campeonato Brasileiro.

Com suspeita de lesão na coxa esquerda, o capitão sentiu um desconforto logo no início do confronto com o Santos, que mesmo com a derrota por 2 a 1 eliminou o Vasco da Copa do Brasil. No sacrifício, se esforçou para jogar, mas foi substituído com 12 minutos de jogo. Aos 34, foi Fernando Miguel que sentiu um incômodo na panturrilha direita e também foi substituído. A dupla já iniciou o tratamento intensivo e será realizada até o dia do embarque para Curitiba.

O zagueiro Ricardo Graça é o mais cotado para jogar caso Castan seja vetado. Destaque na última edição da Copinha, sob o comando de Valadares, Alexander pode ganhar outra chance se o goleiro titular não se recuperar a tempo. Jordi e Gabriel Felix são as outras opções.

Rossi é outra dúvida. Recuperado de uma lesão na coxa esquerda, o atacante estava em transição para os treinos com bola, mas apresentou um quadro de febre e dor no estomago na quarta-feira. 

Comentários