Luxemburgo aposta fichas em pausa no Brasileiro para arrumar a 'casa' vascaína

Além de reforços 'caseiros', treinador conta com a chegada de quatro a cinco contratados

Por O Dia

Sincero, Luxa admitiu que a luta do Vasco é para permanecer na Série A do Brasileiro
Sincero, Luxa admitiu que a luta do Vasco é para permanecer na Série A do Brasileiro -
Rio - Direto, Vanderlei Luxemburgo tocou numa ferida aberta e que ainda incomoda muito o torcedor do Vasco, marcado pelo histórico de três rebaixamentos nos últimos dez anos. Apesar da ligeira evolução no empate (1 a 1) com o Fortaleza, no Castelão, o Cruzmaltino deixou escapar no fim do jogo a vitória primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Com muito trabalho pela frente, Luxa aposta suas fichas na chegada de reforços pontuais e na pausa na competição para 'arrumar a casa'.
"A disputa do Vasco tem que ser bem clara para o torcedor: não é para ganhar campeonato ou vaga na Libertadores. É reconquistar a credibilidade e o respeito dos adversários. É essa a nossa busca. (...) a nossa realidade é um trabalho duro, árduo, difícil. Vamos ter uma parada para a Copa América. O Vasco tem que se unir para sair dessa coisa. Manter-se na primeira divisão para no ano que vem trazer jogadores e ter condições de brigar", disse Luxemburgo.
LIÇÃO DE 'MALANDRAGEM'
O recesso no Brasileiro durante a disputa da Copa América garantirá ao treinador um mês para trabalhar. Além da volta de Fernando Miguel, Breno, Ramon e Vinícius Araújo, a expectativa é de que quatro ou cinco novos contratados. Zagueiro, volante, apoiador e atacante são as posições que constam na lista. Entretanto, a comissão técnica elabora os nomes que constarão na barca.
O empate do Fortaleza, aos 42 do segundo tempo, foi um 'soco' no estômago do torcedor e repetiu a sina do Vasco no Campeonato Brasileiro. No total, a equipe deixou de somar cinco pontos nos minutos finais contra Atlético-MG, que venceu por 2 a 1, e nos empates, por 1 a 1, com Avaí e Fortaleza. Os últimos dois sob o comando de Luxa.

Comentários