Luxemburgo tem parte do salário bloqueado para quitar ação de ex-jogador

Vasco terá que depositar em juízo o equivalente a 15% do salário do treinador

Por O Dia

O técnico Vanderlei Luxemburgo
O técnico Vanderlei Luxemburgo -
São Paulo - Vanderlei Luxemburgo teve uma notícia nada agradável nesta quarta feira. O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o treinador tenha parte dos seus salários bloqueados, devido a uma ação movida por Marcelinho Carioca. Com isso, o Vasco terá que depositar em juízo o equivalente a 15% do salário de Luxemburgo.

Em 2007, o ex-jogador processou o atual treinador vascaíno por danos morais, conseguindo vencer a ação movida contra Vanderlei em 2016. De acordo com a defesa de Marcelinho, a dívida de Luxemburgo é de R$ 351 mil, incluindo correções, honorários e multas.

O motivo do processo é a discussão que os dois tiveram no extinto programa “Por Dentro da Bola”, da Rede Bandeirantes, em janeiro de 2007. Na ocasião, Luxemburgo chamou Marcelinho de "moleque" e "safado" por diversas vezes.

A decisão da juíza Tonia Koroku informa que os depósitos sejam realizados até que o limite da dívida seja completamente executado. Luxemburgo assinou com o Vasco no início de junho. Anteriormente, a justiça efetuou um monitoramento, mas não encontrou bens e nem saldo bancário em nome do treinador.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários