Marrony volta a treinar e diminui dúvidas para confronto com o Grêmio

Em recuperação de um incômodo na panturrilha direita, Rossi treina à parte e segue como dúvida

Por O Dia

Valdívia foi testado no ataque durante a pausa no Brasileiro e agradou. Ele vai comandar o ataque, hoje
Valdívia foi testado no ataque durante a pausa no Brasileiro e agradou. Ele vai comandar o ataque, hoje -
Foz do Iguaçu - Às vésperas da retomada do Campeonato Brasileiro, a 'nebulosa nuvem' que pairara sobre o comando de ataque do Vasco para o confronto com o Grêmio, sábado, em Porto Alegre, começou a se dissipar com a participação de Marrony no penúltimo treino em Foz do Iguaçu. Recuperado de um incômodo no púbis que o fez perder parte da preparação no Paraná, o atacante está à disposição para a batalha da Arena do Grêmio.
O técnico Vanderlei Luxemburgo comemorou o reforço, porém, não desfez todas as dúvidas no ataque. Em recuperação de dores na panturrilha direita, Rossi foi a campo, mas realizou apenas um trabalho físico à parte. Desde terça-feira o atacante trocou os treinos bola por sessões de fisioterapia. Ao fim da atividade, ele teve uma conversa reservada com o treinador, mas o mistério continua.
Caso Rossi seja poupado ou até inicie o jogo contra o Grêmio no banco de reservas, Valdívia é o mais cotado para herdar a vaga no ataque. Durante o recesso no Brasileiro para a disputa da Copa América, o meia-atacante foi testado como 'falso' 9 e agradou ao técnico Vanderlei Luxemburgo, que também o observou na armação.
Dessa forma, a provável formação do Cruzmaltino deve contar com: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Henríquez, Ricardo e Danilo Barcelos; Raul, Richard e Marcos Júnior; Marquinho, Valdívia (Rossi) e Marrony.
Liberados pelo departamento médicos, os zagueiros Breno e Leandro Castan ainda seguem os protocolos estabelecidos pela preparação física e, em breve, estarão à disposição de Luxa. Observado no coletivo de quinta-feira, Breno realizou uma atividade nesta sexta específica no hotel. O capitão Castan também não treinou com o grupo e trabalhou à parte no Estádio Pedro Basso.

Comentários