Fora da zona da degola pelo critério de cartão, Vasco recebe o Flu para afastar 'fantasma'

Com números espelhados, Vasco tem um cartão vermelho contra dois do Cruzeiro e se livrou do Z-4

Por O Dia

Vanderlei Luxemburgo livrou o Vasco do rebaixamento e quer chegar mais longe no Brasileiro
Vanderlei Luxemburgo livrou o Vasco do rebaixamento e quer chegar mais longe no Brasileiro -
Rio - A contestada derrota para o Grêmio, por 2 a 1, em Porto Alegre, quebrou a positiva sequência do Vasco e ligou o sinal de alerta na Colina, mais uma vez. Empatado com o Cruzeiro, 17º colocado, em pontos (nove), número de vitórias (duas), empates (três), derrotas (cinco), gols marcados (nove), sofridos (16) e saldo (sete, negativos), o Cruzmaltino se livrou da zona de rebaixamento na volta do Campeonato Brasileiro pela questão disciplinar, pois recebeu um cartão vermelho contra dois da Raposa.
Sob pressão, o Vasco recebe o Fluminense, que também soma nove pontos, sábado, em São Januário, com a obrigação de vencer para se manter fora do Z-4. Afinal, o líder Palmeiras será o adversário na rodada seguinte, dia 27, na Arena Palmeiras.
Enquanto o departamento jurídico trabalha na tentativa de impugnar a derrota, por 2 a 1, para o Grêmio, após a discutível interferência do VAR, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem a missão de provar que a versão repaginada do Vasco após a pausa na competição pode dar conta do recado.
Apesar da derrota em Porto Alegre, o Vasco apresentou evolução. Não apenas na questão física, mas também taticamente, mais organizado e defensivamente mais protegido pela trinca de volantes. Richard e Marquinho foram os reforços para o setor. A carência ofensiva, porém, é nítida. Com o quarto pior ataque do Brasileiro, o clube segue em busca de um substituto para Maxi López.
"No momento antes da parada para a Copa estávamos em crescimento. Esse período serviu para amadurecer a equipe, teve a chegada desses reforços (Richard e Marquinho) e ainda a recuperação do Leandro Castan, Breno, Ramon chegando.... As ideias do Luxemburgo estão claras", disse Fernando Miguel.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários