Mais magro, Bruno César vê futebol crescer e recupera espaço no Vasco

Meia-atacante perdeu 3kg desde a chegada de Luxemburgo e voltou a ser o opção após esquecimento

Por MARCELO BERTOLDO

Bruno César aproveitou bem o recesso no Brasileiro para aprimorar a forma e recuperar o espaço
Bruno César aproveitou bem o recesso no Brasileiro para aprimorar a forma e recuperar o espaço -
Rio - O golaço de falta, preciso, no ângulo direito de Agenor, foi o cartão de visita do renovado Bruno César na vitória sobre o Fluminense, por 2 a 1, de virada, em São Januário. A evolução técnica e tática do camisa 10 passou pelo intensivo trabalho de recondicionamento físico. Desde a chegada de Vanderlei Luxemburgo, o meia-atacante perdeu 3kg e recuperou o espaço na Colina.
"Dentro de mim sabia que estava devendo um pouco à torcida. Sei que existe a cobrança. Cheguei com status de camisa 10 e não estava atuando, mas acho que a participação no clássico dá confiança para mim e para todos. Como diz o professor (Vanderlei Luxemburgo), para jogar no Vasco tem que ser homem. Muito feliz por ajudar, voltar a jogar e a fazer gols", disse Bruno César.
O mês de recesso no Campeonato Brasileiro durante a Copa América foi fundamental para a recuperação do camisa 10. Experiente, com bagagem no futebol europeu, qualidade no passe e na bola parada, o meia-atacante estava nos planos de Luxa. O 'intensivão' o preparador físico Antônio Melo e o fisiologista Daniel Gonçalves surtiu efeito. E Bruno César revela o segredo: caixa de areia.
"Muitos jogadores não gostam, mas a caixa para mim é um trabalho importante de velocidade, resistência. O professor conhece as minhas qualidades e estou à disposição para ajudar", avaliou.
Com participação direta nas jogadas que resultaram as expulsões do Fluminense (Digão e Frazan), Bruno César bateu a falta que originou o gol de Leandro Castan e, também em exímia cobrança da entrada da área, garantiu a virada, por 2 a 1, e já sonha com uma vaga entre os 11.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários