Fredy Guarin - AFP
Fredy GuarinAFP
Por Lance
Rio - A posição de centroavante é um problema desde o início do ano no Vasco. Quem mais chegou perto de se consolidar na equipe foi Tiago Reis. Mas nenhum setor passou por tantas modificações ao longo do ano quanto o meio-campo. Mais especificamente na posição de volante. Nos últimos dias, Bruno Gomes e Fredy Guarín aumentaram o leque de opções do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Um, ainda com idade para atuar no time de juniores, estreou pela equipe principal no último domingo. O outro, será apresentado nos próximos dias e somará experiência de Europa, Ásia e Copa do Mundo ao elenco cruz-maltino.

Eles se juntam a Richard e Fellipe Bastos (que não atuaram no último jogo por estarem vinculados ao Corinthians), Raul, Marcos Junior e Andrey. Mas o grupo já foi bem maior.

Lucas Mineiro foi o último a deixar o clube, no mês passado. Marcelo Mattos não teve contrato renovado após o Campeonato Carioca e Bruno Silva se envolveu em imbróglio judicial. Todos estiveram na pré-temporada, sob as ordens de Alberto Valentim. Willian Maranhão, atualmente cedido ao América-MG, também fez parte dos planos iniciais.

Bruno Ritter e Rodrigo foram outros que participaram do período inicial de atividades. Bruno Cosendey ficou no Rio e nunca fez parte dos planos, mesmo com diferentes treinadores.

Com dirigentes e planejamentos alterados, o grupo dos jogadores que disputam as posições no time titular mudou nestes nove meses. E com Vanderlei Luxemburgo são três em campo por jogo.