Com cachorro-quente em disputa, Marcos Júnior e Rossi devem ser as novidades contra o Santos

Em tom bem-humorado, Rossi 'cobrou' o amigo pela assistência para o gol da vitória contra o Galo

Por O Dia

Marcos Júnior deve ganhar uma nova chance no meio de campo com a suspensão de Raul
Marcos Júnior deve ganhar uma nova chance no meio de campo com a suspensão de Raul -
Rio - Eles saíram do banco de reservas para decidir a vitória do Vasco, de virada, sobre o Atlético-MG, no Independência, e agora terão a chance de resolver durante os 90 minutos do confronto com o Santos, neste sábado, às 17h, em São Januário. Depois da breve 'barração', Marcos Júnior e Rossi deverão ser as apostas de Vanderlei Luxemburgo rumo ao projeto 'topo da tabela'.
Com 27 pontos, o Vasco criou a maior 'gordura' de distância da zona de rebaixamento no Brasileiro. Ao vencer um adversário de camisa, fora de casa, o Vasco confirmou o momento de consolidação. E sem perder o foco ou a descontração, crê na sintonia da bem-humorada dupla. De pênalti, Rossi empatou o jogo com o Galo e acertou um belo lançamento para o gol de Marcos Júnior, de virada, aos 48 minutos do segundo tempo. Foi o suficiente para cobrar um cachorro-quente ao amigo nas redes sociais.
"Eu falei que ele pode cobrar até dois depois desse passe que ele acertou", disse, Marcos Júnior, aos risos.
O bom-humor não interfere na autocrítica da dupla, que reconheceu a queda de produção e, portanto, justa a barração na quarta-feira passada. No entanto, a decisiva atuação promete impactar a decisão final do técnico Vanderlei Luxemburgo. Com a suspensão de Raul, Marcos Júnior é o mais cotado para iniciar o confronto com o Santos, assim como o 'frenético' Rossi, no lugar de Marrony.
"Nenhum jogador trabalha para estar no banco. Vinha jogando como titular, mas também não vinha de uma boa sequência. Graças a ele (Luxemburgo), pude entrar e ajudar meus amigos. Se for da vontade dele me colocar, estarei pronto para ajudar Vasco", disse Marcos Júnior.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários