Crivella diz que Vasco poderia jogar neste domingo e proíbe duelos na quarta

Indefinição do prefeito causou irritação nos clubes do Rio de Janeiro

Por Lance

Rio de Janeiro 20/06/2020 - O prefeito do Rio, Marcello Crivella inaugurando neste sábado a Clínica da Família Cristiani Vieira Pinho, em Bangu. Foto: Luciano Belford/Agencia O Dia
Rio de Janeiro 20/06/2020 - O prefeito do Rio, Marcello Crivella inaugurando neste sábado a Clínica da Família Cristiani Vieira Pinho, em Bangu. Foto: Luciano Belford/Agencia O Dia -
Rio - O prefeito Marcelo Crivella voltou a explicar o decreto deste sábado que adiava partidas para Fluminense e Botafogo. Na manhã deste domingo, o político explicou que o Vasco, por não ter apto a realizar partidas pelo Campeonato Carioca neste fim de semana, e a frase resultou em mais dúvidas. O Cruz-Maltino remarcou a partida para a próxima quarta-feita.

- Quais jogos estão suspensos? Os jogos de Botafogo e Fluminense. O Vasco joga hoje? Joga. Porque o decreto quando é publicado não vale o dia, o primeiro dia não vale. Conta o último, que está incluído, mas o primeiro não conta. Os jogos de hoje (domingo) vão acontecer normalmente. Na segunda, na terça, na quarta, não vão poder jogar. Há o jogo do Flamengo na quarta-feira, que nós esperamos compatibilizar esses dois protocolos na segunda ou na terça em reunião com eles - disse ele.

No entanto, a Ferj adiou o duelo vascaíno contra o Macaé, anteriormente marcado para este domingo, às 16h. Em coletiva para a abertura do Pólo Comunitário de Campo Grande, Crivella falou a decisão polêmica de autorizar partidas esportivas no Rio de Janeiro.

- A questão do futebol é a seguinte: houve um novo protocolo da vigilância sanitária apresentado pela Federação. Então, a vigilância sanitária do Rio de Janeiro pediu para fazer uma reunião com eles e estabelecer, compatibilizar o que eles colocam no protocolo dele com o nosso. Isso que vamos fazer segunda, terça e quarta. Então, nesses dias, não vamos ter futebol.

Diferente do que disse o prefeito, a Ferj marcou para quarta-feira, dia 24, o
jogo entre Flamengo x Boavista. A sequência das partidas pelo estadual carioca seria neste domingo, com o confronto vascaíno. Após decisão em Arbitral, a Ferj liberou que o campeonato retornasse. Nesta quinta, o Rubro-Negro venceu o Bangu, por 3 a 0, em um Maracanã silencioso.

ENTENDA O CASO

Neste sábado, uma sequência de entraves confundiu os torcedores cariocas. Pela manhã, uma reunião entre STJD, clubes e Ferj confirmou o desacordo entre as partes quantos aos jogos de Fluminense e Botafogo. À tarde, o prefeito decreta no Diário Oficial o adiamento de partidas até dia 25 de junho - segundo ele, para análise dos protocolos e fiscalizações. Pouco depois, as partidas tiveram suas datas trocadas pela federação do Rio.

Botafogo e Fluminense reclamaram das medidas adotadas para o retorno do futebol no estado. Portanto, as partidas dos clubes foram remarcadas para a primeira semana de julho. Segundo dados oficiais, já são quase nove mil mortos no Rio por conta da pandemia, totalizando cerca de 95 mil casos da COVID-19 no estado.

Comentários