Vascaíno, Fábio Porchat critica ações de Alexandre Campello e afirma: 'Deu um golpe'

Apresentador não poupou criticas ao presidente do clube em programa da GNT

Por O Dia

Fábio Porchat
Fábio Porchat -
Rio - Torcedor ilustre do Vasco, o comediante Fábio Porchat não poupou criticas ao presidente do clube, Alexandre Campello. Na última segunda-feira, durante o programa 'Papo de segunda', o qual apresenta, o vascaíno detonou a postura do mandatário durante a pandemia do novo coronavírus e ainda lembrou o episódio envolvendo as últimas eleições presidenciais do Cruzmaltino.

"Eu sou vasco, tenho muito orgulho do time, do que representou para o futebol, para o Rio e para o país. Mas estamos falando de democracia e é uma vergonha o que acontece hoje no Vasco. A gente tem um presidente que não foi eleito pelos sócios, então democracia já acabou ai. Um presidente que deu um golpe, a cara do Brasil... E que força uma barra pro vasco voltar a jogar, que vai falar com o presidente (da República, Bolsonaro), quer jogar com torcida. Que vergonha! desabafou Porchat, que se posiciona contra a volta do futebol", disse Porchat, que emendou:

"Que triste um time com a força e a grandeza do Vasco ter que passar por um momento desse, passar por um constrangimento, uma mancha no clube. Um clube que tem tanto exemplo, que se orgulha de combater o racismo, de seus torcedores que construíram o estádio com as próprias mãos e agora ser comandado por alguém sedento pela volta", concluiu o apresentador.

Comentários