Sá Pinto  - Daniel Castelo Branco
Sá Pinto Daniel Castelo Branco
Por O Dia
Rio - O treinador Ricardo Sá Pinto foi demitido do Vasco na última terça-feira após pouco mais de dois meses no comando da equipe. Se dentro de campo a passagem do português não refletiu bons resultados, fora dele, o técnico fez de tudo para fortalecer a sua relação com os jogadores e com o clube carioca. 
De acordo com informações do portal "globoesporte.com", o comandante, mesmo sem ter recebido nenhum salário no Cruzmaltino, bancou, no último dia 22, ida do grupo a uma churrascaria na Barra da Tijuca, onde foi organizado um amigo oculto. 
Publicidade
Esse teria sido o último movimento em prol de união feito por Sá Pinto, que já havia promovido dinâmicas de grupo e conversas individualizadas, antes da demissão. O treinador em outros momentos se destacou ao defender o elenco, tanto em entrevistas coletivas, tanto no episódio da invasão ao CT do clube carioca.
Publicidade

De acordo com o site, esta não foi a única vez em que mexeu no bolso para ajudar o Vasco. Ricardo Sá Pinto ajudou com dinheiro diante de jovens que passavam por dificuldades financeiras. Em 15 jogos de Sá Pinto à frente do Vasco, foram apenas três vitórias, seis empates e seis derrotas.