Luxemburgo - Luciano Belford
LuxemburgoLuciano Belford
Por O Dia
Rio - Depois de se aproximar do acerto com Zé Ricardo, o Vasco voltou à estaca zero após a recusa do técnico, de 49 anos. Com passagem pela Colina, entre 2017 e 2018, o treinador, convencido pelo empresário, Júlio Taran, a aguardar a oportunidade de começar um trabalho do zero, de acordo com informações do 'GE'. Com 12 rodadas para evitar o quarto rebaixamento de sua história, o Cruzmaltino, 17º colocado, com 28 pontos, muda o foco na direção de Vanderlei Luxemburgo, grande responsável pela recuperação que evitou a queda no Brasileiro de 2019.
Em fim de contrato com o São Paulo, Alexandre Pássaro, futuro gerente de futebol do Vasco, iniciou a negociação nos bastidores antes mesmo do anúncio oficial como um dos homens fortes do gestão de Jorge Salgado. A condução da negociação não agradou Taran, braço direito do empresário Giuliano Bertolucci. 
Publicidade
Livre no mercado, Zé Ricardo tem sondagens do futebol japonês e do mundo árabe para começar um trabalho do zero em 2021. Desempregado desde a saída do Palmeiras, Luxa volta a ser opção. Atento aos movimentos do mercado da bola, o treinador revelou estar totalmente recuperado a internação para tratar o novo coronavírus, mas garantiu que ainda não foi procurado pelo Vasco.
"Eu tenho um recado direto para a torcida do Vasco, por quem eu tenho um carinho muito grande. As notícias do Rio de Janeiro estão falando que recebi um convite do Vasco e disse 'não'. Eu não posso recusar se eu não recebi convite. Eu tenho um carinho e respeito muito grande pelos torcedores, então gostaria que ficasse bem claro", afirmou Luxemburgo, em vídeo publicado no Twitter.