Presidente do Vasco, Jorge Salgado está pressionadoRafael Ribeiro / Vasco

Rio - No começo da temporada, o meia Matías Galarza, de 19 anos, foi um dos destaques do Vasco. Porém, com a saída de Marcelo Cabo, o jogador, que é bastante querido dos torcedores, acabou perdendo espaço. Em entrevista ao canal "Atenção Vascaínos", o empresário do jovem, Regis Marques, falou sobre o futuro do atleta no clube carioca.
"É um menino que tem que ser tratado com carinho ainda. Não é um jogador pronto, sabemos disso, mas que tem muito futuro e vai necessitar do apoio da diretoria, da torcida e da comissão técnica. Infelizmente ele não teve esse apoio de alguns técnicos que vieram, mas também a gente não culpa eles, pois faz parte do jogo", afirmou.
Galarza chegou ao Vasco em 2020, emprestado pelo Olímpia, do Paraguai, para fazer parte da base do clube carioca. Após ser aproveitado por Marcelo Cabo no começo do ano, o jogador foi comprado pelo Cruzmaltino por 500 mil dólares, metade do valor fixado no início. O vínculo de Galarza vai até 31 de dezembro de 2025.
"Ele não pode abaixar a cabeça e deixar que isso atrapalhe o futuro dele. Ele tá bem focado, tá feliz com o Vasco e tenho certeza que vai dar a volta por cima e, se Deus quiser, melhorar no que tem pra melhorar e dar alegrias ao Vasco", concluiu o agente.